Repórter é preso suspeito de avisar primo sobre operação policial

Elder Silva foi detido após Polícia Civil encontrar áudios no celular do primo dele alertando sobre operação contra o tráfico de drogas. Além do repórter, outras três pessoas acabaram presas.

Publicado em: 10 de Fevereiro de 2018
Foto Por: Divulgação/Polícia Civil
Autor: G1 TO
Fonte: G1 TO
Repórter foi preso suspeito de alertar primo sobre operação

O repórter Elder Silva foi preso nesta sexta-feira (9) pela Polícia Civil do Tocantins. Ele é suspeito de avisar um parente que seria alvo de uma operação policial de combate ao tráfico de drogas. A polícia informou que encontrou áudios do repórter no celular do primo dele, Edinei Lopes da Silva, avisando que uma equipe de policiais estava indo prendê-lo.

O repórter foi até a delegacia da cidade alegando que queria informações sobre duas prisões que aconteceram pela manhã para uma reportagem. Enquanto estava no prédio, o repórter ficou sabendo da operação que tinha como alvo o primo. Após os investigadores saírem, ele teria enviado um áudio para o primo avisando sobre o caso.

Na casa de Edinei foram encontradas drogas, armas e equipamento para monitorar a movimentação na rua. O áudio de Elder chegou ao celular do primo enquanto a polícia revistava a casa. Após o flagrante, os policiais foram até a casa do repórter e o prenderam também.

O trabalho mais recente de Elder Silva foi na TV Band de Araguaína, mas ele já não prestava serviços para a emissora.

Além de Elder e do primo, também foram presos Joanderson Doris Silva e Géssica Barros de Sousa. Eles são suspeitos do mesmo crime, mas não teria relação com o repórter.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.