Sexta-Feira, 18 de Agosto de 2017

Notícias / Tocantins

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017 VOLTAR

Vandalismo em placas de trânsito gera prejuízos em Araguaína
Em uma semana nove placas foram trocadas. Se depredações continuarem, prejuízos podem chegar a R$ 52 mil até o fim do ano, diz engenheiro.

 

Em apenas uma semana nove placas de trânsito e sete suportes tiveram que ser substituídos em Araguaína, norte do Tocantins. O aumento do vandalismo tem chamado a atenção na cidade. As placas que não são arrancadas, são pichadas. O prejuízo é alto, mas quem paga é a população. De acordo com o engenheiro da prefeitura, Rômulo Pereira, se as depredações continuarem, o prejuízo pode chegar a R$ 52 mil até o fim do ano.

Uma placa de estacionamento proibido que fica na esquina da rua Rui Barbosa, no centro da cidade, já foi trocada quatro vezes. A última delas aconteceu na última segunda-feira (17). O prejuízo foi de quase R$ 2 mil.

"Se você for fazer um cálculo, se continuar no ritmo que está hoje, em um prazo de um ano, serão cerca de R$ 52 mil. Isso é um valor absurdo, é um valor de um carro. Isso é o que estamos levando de prejuízos, não é só a administração pública, é a população", diz o engenheiro Rômulo.

A prática de depredação do patrimônio público também é crime. Quem flagrar algum ato, pode denunciar. “Prevê detenção de seis meses até três anos, além de multa e também, segundo o artigo 28 do Código de Postura Municipal, esse cidadão terá que indenizar o município e também que pagar multa de 20% sobre esse dano”, explica o presidente da Agência de Segurança Transporte e Trânsito, Fábio Astolfi.

 


Autor: 

Fonte:  G1/Tocantins
Imprimir

Vandalismo em placas de trânsito gera prejuízos em Araguaína
Em uma semana nove placas foram trocadas. Se depredações continuarem, prejuízos podem chegar a R$ 52 mil até o fim do ano, diz engenheiro.

Quinta-Feira, 20 de Abril de 2017

 

Em apenas uma semana nove placas de trânsito e sete suportes tiveram que ser substituídos em Araguaína, norte do Tocantins. O aumento do vandalismo tem chamado a atenção na cidade. As placas que não são arrancadas, são pichadas. O prejuízo é alto, mas quem paga é a população. De acordo com o engenheiro da prefeitura, Rômulo Pereira, se as depredações continuarem, o prejuízo pode chegar a R$ 52 mil até o fim do ano.

Uma placa de estacionamento proibido que fica na esquina da rua Rui Barbosa, no centro da cidade, já foi trocada quatro vezes. A última delas aconteceu na última segunda-feira (17). O prejuízo foi de quase R$ 2 mil.

"Se você for fazer um cálculo, se continuar no ritmo que está hoje, em um prazo de um ano, serão cerca de R$ 52 mil. Isso é um valor absurdo, é um valor de um carro. Isso é o que estamos levando de prejuízos, não é só a administração pública, é a população", diz o engenheiro Rômulo.

A prática de depredação do patrimônio público também é crime. Quem flagrar algum ato, pode denunciar. “Prevê detenção de seis meses até três anos, além de multa e também, segundo o artigo 28 do Código de Postura Municipal, esse cidadão terá que indenizar o município e também que pagar multa de 20% sobre esse dano”, explica o presidente da Agência de Segurança Transporte e Trânsito, Fábio Astolfi.

 

INFORMAÇÕES:
Autor: 
Fonte:  G1/Tocantins
Foto por:  Reprodução/TV Anhanguera
Link do Vídeo:  
ENQUETE

Você acha correto a obrigatoriedade das escolas executarem o Hino Nacional semanalmente ?

Miracaxi 2017 - 2º noite: Show com Claudia Leitte
19/07/2017 10:24
Miracaxi 2017 - 2º noite: Show com Claudia Leitte
Assistir Vídeo...

PUBLICIDADE 265x220
Publique seu Banner aqui...
Contato: Telefone: , Email: , Ou preencha o formulário de contato

Nos siga no Twitter              
Visite o nosso Blog              
Assista nosso Canal            
Copyright © 2017 - Portal LJ Todos os direitos reservados.