Sexta-Feira, 18 de Agosto de 2017

Notícias / Saúde

Sábado, 12 de Agosto de 2017 VOLTAR

Estudo demonstra como 'ataque' do sistema imune leva ao aborto espontâneo
Testes em ratos publicados na 'Nature Communications' mostram como células de defesa são enviadas para destruir a placenta, o que pode impedir a nutrição do feto.

 

Em estudo em ratos, pesquisadores do Hospital Saint Michael, no Canadá, demonstraram como células do sistema imune podem impedir o crescimento do feto no útero ou causar um aborto espontâneo.

A pesquisa foi publicada nesta quarta-feira (9) na “Nature Comunnications” e tem como objetivo evitar que mulheres sofram de trombocitopenia neonatal, condição em que o sistema de defesa da mãe enxerga o feto como uma “ameaça” e envia anticorpos para destruir as células fetais.

Essa resposta imune ocorre normalmente, mas, em alguns casos, ela é mais agressiva. O que os pesquisadores descobriram é que, em ratos, o ataque permanece ao longo da gravidez nas cobaias que vão ter problemas com o feto mais à frente.

Outro achado é que o sistema imune dos ratos também ativou anticorpos que têm por alvo células responsáveis pelo desenvolvimento e crescimento da placenta: os trofoblastos.

Esse “ataque imunológico” pode deformar a placenta e interromper o envio de nutrientes para o feto, o que limita o crescimento do bebê no útero e aumenta a probabilidade de aborto espontâneo.

O pesquisador Heyu Ni, autor do estudo e cientista do Hospital Saint Michael, diz que o achado poderá ajudar a evitar os efeitos devastadores da condição.

No laboratório, os pesquisadores também testaram drogas que poderiam prevenir o ataque do sistema imune ao feto.

Uma opção testada é um tipo de ‘outro anticorpo’ construído para atacar a célula de defesa da mãe enviada para destruir a placenta.

A construção da estrutura foi feita a partir do plasma sanguíneo de mais de 1.000 doadores saudáveis. Pesquisadores também observaram que a terapia conseguiu diminuir os anticorpos anti-fetais maternos.

 


Autor: 

Fonte:  Bem Estar
Imprimir

Estudo demonstra como 'ataque' do sistema imune leva ao aborto espontâneo
Testes em ratos publicados na 'Nature Communications' mostram como células de defesa são enviadas para destruir a placenta, o que pode impedir a nutrição do feto.

Sábado, 12 de Agosto de 2017

 

Em estudo em ratos, pesquisadores do Hospital Saint Michael, no Canadá, demonstraram como células do sistema imune podem impedir o crescimento do feto no útero ou causar um aborto espontâneo.

A pesquisa foi publicada nesta quarta-feira (9) na “Nature Comunnications” e tem como objetivo evitar que mulheres sofram de trombocitopenia neonatal, condição em que o sistema de defesa da mãe enxerga o feto como uma “ameaça” e envia anticorpos para destruir as células fetais.

Essa resposta imune ocorre normalmente, mas, em alguns casos, ela é mais agressiva. O que os pesquisadores descobriram é que, em ratos, o ataque permanece ao longo da gravidez nas cobaias que vão ter problemas com o feto mais à frente.

Outro achado é que o sistema imune dos ratos também ativou anticorpos que têm por alvo células responsáveis pelo desenvolvimento e crescimento da placenta: os trofoblastos.

Esse “ataque imunológico” pode deformar a placenta e interromper o envio de nutrientes para o feto, o que limita o crescimento do bebê no útero e aumenta a probabilidade de aborto espontâneo.

O pesquisador Heyu Ni, autor do estudo e cientista do Hospital Saint Michael, diz que o achado poderá ajudar a evitar os efeitos devastadores da condição.

No laboratório, os pesquisadores também testaram drogas que poderiam prevenir o ataque do sistema imune ao feto.

Uma opção testada é um tipo de ‘outro anticorpo’ construído para atacar a célula de defesa da mãe enviada para destruir a placenta.

A construção da estrutura foi feita a partir do plasma sanguíneo de mais de 1.000 doadores saudáveis. Pesquisadores também observaram que a terapia conseguiu diminuir os anticorpos anti-fetais maternos.

 

INFORMAÇÕES:
Autor: 
Fonte:  Bem Estar
Foto por:  Pixabay
Link do Vídeo:  
ENQUETE

Você acha correto a obrigatoriedade das escolas executarem o Hino Nacional semanalmente ?

Miracaxi 2017 - 2º noite: Show com Claudia Leitte
19/07/2017 10:24
Miracaxi 2017 - 2º noite: Show com Claudia Leitte
Assistir Vídeo...

PUBLICIDADE 265x220
Publique seu Banner aqui...
Contato: Telefone: , Email: , Ou preencha o formulário de contato

Nos siga no Twitter              
Visite o nosso Blog              
Assista nosso Canal            
Copyright © 2017 - Portal LJ Todos os direitos reservados.