Sábado, 21 de Outubro de 2017

Notícias / Esportes

Quarta-Feira, 11 de Outubro de 2017 VOLTAR

Neymar se diz feliz por Messi ir à Copa e critica juiz por cartão: "Para meu lado nunca é a favor"
Autor do passe açucarado para o gol de Gabriel Jesus diz que não teve intenção de "deixar a mão na cara" de Aránguiz e lamenta amigos chilenos fora da Copa da Rússia

 

Neymar não fez gols na despedida da Seleção nas eliminatórias, mas deu passe açucarado para o segundo gol da Seleção nos 3 a 0 sobre o Chile, marcado por Gabriel Jesus, e chegou a correr riscos. Isso porque, antes de o Brasil abrir o placar, o camisa 10, perseguido e provocado como sempre por seus marcadores, parecia pilhado em excesso. O craque brasileiro acabou advertido com o cartão amarelo ao meter a mão no rosto de Aránguiz, que estava no lance, e em certo momento do jogo chegou a ter mais faltas cometidas do que sofridas. Se tivesse sido expulso, perderia a estreia da Copa do Mundo por suspensão automática.

Com os gols saindo e a Seleção melhor no segundo tempo, o craque se acalmou e acabou substituído por Willian no fim. Na saída, negou ter entrado na pilha chilena e criticou a arbitragem pelo cartão sofrido.

- Não, isso faz parte, né? Um cartão amarelo onde não tive culpa, não fui de deixar a mão na cara dele, mas vai na interpretação do juiz, né? E como sempre para o meu lado nunca é a favor.

O camisa 10 brasileiro falou também sobre o fato de Messi ter conseguido classificar a Argentina para o Mundial da Rússia e lamentou os amigos chilenos fora do Mundial.

- Fico feliz por ele, por um amigo estar disputando um campeonato tão importante, não ficar de fora, mas tinha amigos no Chile também. Mas a gente tem que fazer o nosso papel, porque somos homens e a gente está aqui para vencer sempre.

 


Autor: 

Fonte:  Globo Esporte
Imprimir

Neymar se diz feliz por Messi ir à Copa e critica juiz por cartão: "Para meu lado nunca é a favor"
Autor do passe açucarado para o gol de Gabriel Jesus diz que não teve intenção de "deixar a mão na cara" de Aránguiz e lamenta amigos chilenos fora da Copa da Rússia

Quarta-Feira, 11 de Outubro de 2017

 

Neymar não fez gols na despedida da Seleção nas eliminatórias, mas deu passe açucarado para o segundo gol da Seleção nos 3 a 0 sobre o Chile, marcado por Gabriel Jesus, e chegou a correr riscos. Isso porque, antes de o Brasil abrir o placar, o camisa 10, perseguido e provocado como sempre por seus marcadores, parecia pilhado em excesso. O craque brasileiro acabou advertido com o cartão amarelo ao meter a mão no rosto de Aránguiz, que estava no lance, e em certo momento do jogo chegou a ter mais faltas cometidas do que sofridas. Se tivesse sido expulso, perderia a estreia da Copa do Mundo por suspensão automática.

Com os gols saindo e a Seleção melhor no segundo tempo, o craque se acalmou e acabou substituído por Willian no fim. Na saída, negou ter entrado na pilha chilena e criticou a arbitragem pelo cartão sofrido.

- Não, isso faz parte, né? Um cartão amarelo onde não tive culpa, não fui de deixar a mão na cara dele, mas vai na interpretação do juiz, né? E como sempre para o meu lado nunca é a favor.

O camisa 10 brasileiro falou também sobre o fato de Messi ter conseguido classificar a Argentina para o Mundial da Rússia e lamentou os amigos chilenos fora do Mundial.

- Fico feliz por ele, por um amigo estar disputando um campeonato tão importante, não ficar de fora, mas tinha amigos no Chile também. Mas a gente tem que fazer o nosso papel, porque somos homens e a gente está aqui para vencer sempre.

 

INFORMAÇÕES:
Autor: 
Fonte:  Globo Esporte
Foto por:  Reprodução
Link do Vídeo:  
ENQUETE

Você acha que a Prefeitura de Miracema deve realizar ações para salvar o Correntinho?

Parabéns Miracema !
26/08/2017 06:58
Parabéns Miracema !
Assistir Vídeo...

PUBLICIDADE 265x220
Publique seu Banner aqui...
Contato: Telefone: , Email: , Ou preencha o formulário de contato

Nos siga no Twitter              
Visite o nosso Blog              
Assista nosso Canal            
Copyright © 2017 - Portal LJ Todos os direitos reservados.