Cães dos Bombeiros ajudam a encontrar mulher desaparecida em mata no Tocantins

Marivane Barbosa da Silva, de 46 anos, ficou desaparecida por mais de 24 horas, em uma área de mata do assentamento Só Se Vendo, em Nova Rosalândia.

Publicado em: 08 de Julho de 2020
Foto Por: Divulgação/Corpo de Bombeiros
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Cães ajudam a encontrar mulher desaparecida em Nova Rosalândia

Cães do Corpo de Bombeiros ajudaram a encontrar uma mulher, de 46 anos, que ficou desaparecida por mais de 24 horas, em uma mata no assentamento Só Se Vendo, em Nova Rosalândia, região central do Tocantins.

 

Marivane Barbosa da Silva se perdeu no domingo (5), em uma área alagada, perto do assentamento. Parentes sentiram a falta da mulher e começaram as buscas. Só depois de 20 horas, acionaram o Corpo de Bombeiros.

 

Com apoio dos cães Ulf e Sky, a equipe composta por três integrantes fizeram a varredura da área em uma hora e meia.

 

Segundo o sargento Raphael Mollo, chefe da equipe, a estratégia foi verificar o mapa da região e preparar o cão Ulf com a técnica chamada de odor específico. “Apresentamos a ele o odor da vítima através de um artigo coletado no quarto dela e deixamos o cão trabalhar”, explicou. Já na mata, Ulf chegou a uma área alagadiça e ali se manteve farejando, dando sinais de que Marivane poderia estar por perto.

 

A segunda etapa das buscas seria realizada pela cadela Sky, mas a mulher apareceu onde os militares estavam. Segundo o sargento, Marivane estava desidratada e desorientada. A mulher foi socorrida pela equipe e familiares e levada para a casa. “Ela nos contou que só conseguiu encontrar o caminho de volta após ouvir a nossa movimentação com os cães na área alagada”, frisou o sargento.

 

Familiares e vizinhos relataram que não fizeram buscas na mata, pois a mulher não tinha costume de entrar no local sem a companhia de alguém.

 

A orientação em que em caso de desaparecimento, os militares sejam chamados o mais rápido possível. “Quanto mais rápidos somos acionados, melhor é a eficácia dos cães nas buscas. Em caso de desaparecimento, pedimos que nos acionem o quanto antes. Não precisa esperar 24 horas para fazer o acionamento. Se tem total certeza que alguém sumiu, já nos chamem."

 

Em novembro de 2019, a cadela Sky se tornou o primeiro cão da região norte do país a obter o certificado nacional reconhecendo habilidades para buscas em estruturas colapsadas. A conquista ocorreu em São Luiz (MA), durante o Seminário Nacional de Bombeiros (Senabom). Com a aprovação, ela está apta a participar de resgates em todo país.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.