Governo aprova plano para retomar turismo no sudeste, mas data do retorno será escolhida por prefeituras

Em julho, prefeituras de outras cidades se recusaram a reabrir o Jalapão e governo estadual precisou recuar após anunciar a data. Novo plano é para cidades da região turística das Serras Gerais.

Publicado em: 06 de Agosto de 2020
Foto Por: Thiago Sá/Governo do Tocantins
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Cânion Encantado fica na região sudeste do Tocantins

O Governo do Tocantins informou que aprovou o plano de retomada da atividade turística para nove cidades na região sudeste do estado. Desta vez, o documento prevê apenas as medidas de segurança sanitária que terão que ser adotadas pelos empreendimentos turísticos. A data da reabertura não foi prevista e será decidida por cada município levando em conta a realidade local.

 

A decisão de não prever a data de retorno foi tomada após o governo ter sido obrigado a recuar da previsão de reabertura para o Jalapão. A data chegou a ser anunciada, mas as prefeituras das cidades que fazem parte do parque se recusaram a aderir por considerar que a pandemia seguia evoluindo de forma rápida demais. Na época, a gestão estadual afirmou apoiar a decisão das prefeituras.

 

Desta vez o plano não envolve o Jalapão, apenas as cidades da região turística das Serras Gerais. Nesta área estão atações como o rio Azuis, Cânion Encantado, Cachoeirinha e a Gruta dos Caldeirões. Os municípios em questão são Almas, Arraias, Aurora do Tocantins, Dianópolis, Lavandeira, Natividade, Pindorama, Rio da Conceição e Taguatinga.

 

Entre as regras determinadas pelo plano, estão protocolos de higiene pessoal, segurança sanitária, distanciamento social e sanitização de ambientes. O sudeste é uma das áreas menos afetadas pela pandemia em todo o estado. A única cidade da região que já ultrapassou 30 casos confirmados de coronavírus é Dianópolis.

 

Nenhuma das cidades da região anunciou um cronograma de reabertura por enquanto. A situação é a mesma no Jalapão, onde os primeiros casos da doença foram confirmados recentemente. Pelo boletim epidemiológico mais recente divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde, o estado soma 28.312 diagnósticos e 415 mortes pela doença.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.