Caixa libera mais um saque do auxílio de R$ 600; veja quem tem direito

Publicado em: 30 de Julho de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Do UOL, em São Paulo
Fonte: UOL

Começa nesta quinta-feira (30) o saque da 4ª parcela do auxílio emergencial de R$ 600 aos beneficiários do Bolsa Família que têm o NIS (Número de Identificação Social) terminado em 9.

 

Hoje não há pagamento de auxílio emergencial para quem não é do Bolsa Família. Ontem (29), a Caixa depositou em poupança social uma nova parcela para nascidos em março. Amanhã (31) é a vez dos aniversariantes de abril. Confira aqui detalhes do calendário para o público geral.

 

4ª parcela para inscritos no Bolsa Família

Quem está no programa Bolsa Família e preenche os requisitos para receber o auxílio emergencial não acumula os dois pagamentos. Recebe apenas o que for de maior valor.

 

O saque é liberado a cada dia a um novo grupo dos inscritos no Bolsa Família, conforme o último número do NIS. Quem teve o saque liberado nos dias anteriores continua podendo tirar o dinheiro. Confira:

 

Auxílio emergencial de R$ 600

Pagamento da 4ª parcela para inscritos no Bolsa Família

Os saques em dinheiro ocorrerão conforme o último número do NIS (Número de Identificação Social):
 

  • NIS 1: 20 de julho (seg)
  • NIS 2: 21 de julho (ter)
  • NIS 3: 22 de julho (qua)
  • NIS 4: 23 de julho (qui)
  • NIS 5: 24 de julho (sex)
  • NIS 6: 27 de julho (seg)
  • NIS 7: 28 de julho (ter)
  • NIS 8: 29 de julho (qua)
  • NIS 9: 30 de julho (qui)
  • NIS 0: 31 de julho (sex)

Fonte: Ministério da Cidadania 

 

Como sacar

Os beneficiários do Bolsa Família podem sacar o valor do auxílio por meio do cartão do Programa Bolsa Família, Cartão Cidadão ou por crédito em conta da Caixa.

 

O auxílio emergencial aprovado em abril previa três parcelas de R$ 600 (ou R$ 1.200 para mulheres chefe de família). O governo federal prorrogou o programa por dois meses, totalizando cinco parcelas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.