Homem é liberado de cadeia em SP após agredir a esposa grávida de oito meses

Agressões aconteceram após o casal voltar de uma festa para celebrar o nascimento do filho em Praia Grande, SP.

Publicado em: 22 de Julho de 2019
Foto Por: Andressa Barboza/G1
Autor: G1 Santos
Fonte: G1 Santos
Caso de violência doméstica foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande, SP.

A Polícia Militar em Praia Grande, no litoral de São Paulo, prendeu em flagrante um homem que agrediu e prendeu a esposa grávida no banheiro do apartamento do casal. Segundo apurado pelo G1, a PM foi acionada após um vizinho ouvir os gritos da vítima, que pedia por socorro. O agressor foi liberado, neste domingo (21) após passar por audiência de custódia.

De acordo com a Polícia Civil, o caso aconteceu na noite do último sábado (20) no apartamento do casal, localizado na Rua João Sampaio, no bairro Guilhermina. Às autoridades, a vítima, grávida de oito meses, afirma que passou a ser agredida após o casal voltar de uma festa, realizada para comemorar o nascimento do filho.

A Polícia Militar foi acionada por um vizinho, que ouviu os gritos de socorro da mulher e foi até o apartamento do casal, mas encontrou a porta trancada. Com a chegada das equipes, a PM foi recebida por uma amiga da vítima, que afirmou ter acompanhado o casal por medo de que a grávida sofresse as agressões, porém, ela foi proibida pelo homem de deixar o apartamento.

No condomínio, os policiais foram informados de que a vítima estava sendo mantida no banheiro pelo marido, sem poder deixar o cômodo. Segundo a Polícia Civil, o agressor destrancou a porta do banheiro após conversar com os policiais militares. Ao entrar no cômodo, os PMs encontraram a mulher nua e em estado de choque.

Ainda segundo as autoridades, após ser retirada do banheiro pelos policiais, a mulher contou que pediu para a amiga que dormisse na residência do casal, após o marido apresentar comportamento agressivo. A polícia afirma, também, que o casal é funcionário de uma agência bancária de Praia Grande.

Além da vítima e das testemunhas, o agressor foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia Sede de Praia Grande, onde um boletim de ocorrência sobre os crimes de violência doméstica e cárcere privado foi registrado. Preso em flagrante, o agressor foi liberado na manhã deste domingo após passar por audiência de custódia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.