Embrapa lança edital de inovação aberta em aquicultura e sistemas agrícolas

Interessados têm até o próximo dia 30 para envio de propostas visando o desenvolvimento conjunto de tecnologias

Publicado em: 14 de Maio de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

Embrapa Pesca e Aquicultura (Palmas/TO) lançou um edital com chamada para recebimento de propostas de inovação aberta por parte de empresas ou representantes do setor produtivo. As áreas contempladas são piscicultura e sistemas agrícolas integrados para o Matopiba (nova fronteira agrícola que abrange os estados de Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia). As propostas deverão ser enviadas até o dia 30 de maio para este link. No próximo dia 18, haverá um webinar para esclarecimento de dúvidas dos participantes acerca da proposta do edital.

 

Segundo a pesquisadora do setor de Transferência de Tecnologia Hellen Kato, o objetivo do edital é concentrar esforços para incentivar parcerias com o setor produtivo interessado em desenvolver tecnologias em conjunto com a Embrapa.

 

"A ideia é que os produtores vejam que estamos de portas abertas. Para isso vamos disponibilizar mão de obra, recursos financeiros e infraestrutura para trabalhar em conjunto com o produtor para o desenvolvimento de tecnologias que possam impactar positivamente tanto a pesca e aquicultura, quanto os sistemas integrados na região do Matopiba", detalha ela.

 

Hellen Kato destaca que esse modelo de inovação aberta é diferente da contratação de serviços da Embrapa para o desenvolvimento de uma tecnologia.

 

"Não estamos falando de se contratar a Embrapa para a produção de uma nova tecnologia por encomenda. O trabalho é sempre feito conjuntamente", afirma. "Muitas vezes o parceiro tem um produto, uma tecnologia inacabada, que talvez precise de um suporte laboratorial, a expertise de um pesquisador... então o desenvolvimento é conjunto – Embrapa e parceiro trabalhando para colocar no mercado uma solução tecnológica", ressalta. 

 

Na área de aquicultura, alguns dos temas contemplados no edital são sistemas de produção aquícola sustentáveis; nutrição e alimentação de espécies aquícolas; melhoramento genético e seleção genômica na aquicultura; reprodução de peixes nativos de água doce; tecnologias para redução ou eliminação de contaminantes no pescado, entre outros.

 

Para sistemas agrícolas integrados no Matopiba, o edital prevê o desenvolvimento de soluções nas áreas de risco climático na agricultura; conservação, manejo e uso de recursos hídricos; eficiência do uso da água na agropecuária; sistemas integrados de produção (ILP, ILPF); recuperação de áreas degradadas, entre outros temas.

 

A Embrapa Pesca e Aquicultura realizará a seleção das propostas por meio de um Comitê de Seleção, de acordo com o potencial de alcance, relevância, impacto da inovação proposta e recursos disponíveis para a modalidade de parceria.

 

Os proponentes selecionados serão comunicados até 10 de junho e convidados a entrar em contato com a Embrapa Pesca e Aquicultura para construção de parceria técnico-científica no formato de projetos de inovação aberta.

A iniciativa vai ao encontro dos esforços que a Embrapa vem realizando, nos últimos anos, de trabalhar cada vez mais alinhada com o setor produtivo. A empresa possui inclusive a página Ecossistema de Inovação, que divulga as ações que a instituição está realizando em inovação aberta. São iniciativas que vão desde a viabilização de frentes de apoio e financiamentos até fomento de startups, atuação em parques tecnológicos e outros ambientes de inovação, entre outros.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.