Quarta - Feira,
21 de Abril de 2021

Governo do Tocantins habilita laticínio ao SISBI para atuação em todo o país

Com a adesão ao SISBI o laticínio poderá comercializar seus produtos em todo o território brasileiro

Autor: Dinalva Martins-Governo do Tocantins

Fonte: Ascom

Publicado em 04 de Março de 2021 (Atualizado Há 2 meses atrás)

Legenda: Sem Legenda

Autor da Foto: Adapec Governo do Tocantins

Mais uma empresa recebe a certificação do Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI). A última etapa do processo de adesão do laticínio Samrita, localizado em Wanderlândia, região norte do Estado, foi concluída nessa terça-feira, 2. Com isso, o estabelecimento passa a ter equiparação federal podendo comercializar seus produtos em todo o país.

 

O proprietário do laticínio, Samuel Rita de Oliveira, disse que a conquista oportuniza o crescimento tão almejado, uma vez que a indústria tem capacidade de produção maior do que estava comercializando no mercado interno. "É uma emoção muito grande ter a certeza que poderemos agora expandir a fabricação, incentivar o desenvolvimento da bacia leiteira do Estado, e diversificar nossa linha de produtos", avaliou.

 

A empresa fabricava queijo mussarela e creme de soro de leite. Com o novo selo, já produzirá manteiga de leite, queijos tipos: parmesão, tropical, coalho, trança e prato, além de ricota.

 

"Para aprimorar, fizemos um investimento de aproximadamente R$ 300 mil  na estrutura, melhorias no laboratório, implantamos programas de autocontrole, entre outros", complementou Samuel Rita.

 

O gerente de inspeção animal da Adapec, Antônio Caminha, explica que o laticínio era registrado no SIE, que limita a comercialização dentro do Estado, e que o processo de adesão ao SISBI iniciou em setembro do ano passado, quando foram feitas avaliações e exigido adequações na planta industrial, até o resultado final.

 

"Todos os apontamentos feitos nas nossas auditorias foram cumpridos, que envolve parte estrutural e condições ideais nas etapas de produção de alimentos com qualidade comprovada", disse.

 

Para o presidente da Adapec, Paulo Lima, numa época onde há retração da economia devido à pandemia, testemunhar e colaborar com o crescimento da agroindústria é uma grande vitória.

 

"Temos a autorização para habilitar agroindústrias ao SISBI, as empresas poderão fazer todo o processo diretamente no nosso setor de inspeção, de forma mais ágil. Nossa equipe está comprometida em avaliar e acompanhar a expansão de mercado, tanto com a certificação do SIE, SISBI ou Artesanal", ressaltou.

 

O Tocantins conta atualmente com oito empresas habilitadas no SISBI e outras duas estão em processo final de adesão. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários