Domingo,
26 de Setembro de 2021

Representantes da Adapec se reúnem com Funai para alinhar ações na Ilha do Bananal

As instituições reforçam parceria para melhorias nas atividades de bovinocultura na região

Autor: ​Dinalva Martins-Governo do Tocantins

Fonte: Ascom

Publicado em 22 de Julho de 2021 (Atualizado Há 2 meses atrás)

Legenda: Sem Legenda

Autor da Foto: Adapec-Governo do Tocantins

Na manhã desta quarta-feira, 21, representantes da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) se reuniram com o coordenador regional da Fundação Nacional Nacional do Índio (Funai) no Tocantins, Osmar Gomes de Lima, para alinhar os trabalhos que serão desenvolvidos no período que envolve a Campanha de vacinação contra a Febre Aftosa na Ilha do Bananal.

De acordo com o presidente da Adapec, o apoio da Fundação é extremamente importante para o desempenho das atividades. "É primordial essa parceria para que os trabalhos sejam executados de forma eficaz e atendam as demandas tanto dos retireiros quanto dos povos indígenas", disse.

Osmar Gomes falou da importância do potencial indígena no processo de produção do país e o quanto é imprescindível a participação de organizações de controle da saúde animal, bem como de políticas que agregam benefícios. "Os indígenas precisam desta atenção e cuidado para também colaborar com a segurança alimentar não só do seu povo, mas do país, por isso daremos todo o apoio para que a Adapec tenha resultados satisfatórios na vacinação do rebanho ", avaliou.  

Campanha

A Agulha oficial, quando os próprios técnicos da Agência executam a vacinação, vai ocorrer entre os dias 1º de agosto e 30 de setembro, mas os profissionais já começaram o trabalho prévio. As notificações foram iniciadas aos retireiros e aos indígenas, bem como faremos orientações e o pré-agendamento para contarmos com a colaboração no momento da vacinação, onde os animais deverão estar presos.

Aproximadamente 100 mil bovinos, distribuídos em cerca de 350 retiros, serão vacinados pelos próprios técnicos da Agência para garantir que todo rebanho existente na região seja imunizado. 

Ilha do Bananal

A Ilha do Bananal tem cerca de 2 milhões de hectares e faz divisa com oito municípios tocantinenses: Formoso do Araguaia, Sandolândia, Lagoa da Confusão, Araguaçu, Cristalândia, Dueré, Caseara e Pium. Devido às suas características de relevo e terreno, no período chuvoso, se torna quase intransitável, pois a região fica alagada. Diante disso, a vacinação só ocorre na época da seca e uma vez por ano, para todos os bovinos, independente da faixa etária.

Sugestão de legenda: Adapec recebe visita oficial da Funai para padronizar ações visando a campanha de vacinação contra a febre aftosa na Ilha do Bananal 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários