Sábado,
25 de Junho de 2022

Comunidade de Buritirana celebra autoriza para construção da escola estadual no distrito

Serão investidos cerca de R$ 6,2 milhões nas obras

Autor: Lenna Borges/Governo do Tocantins

Fonte:

Publicado em 22 de Junho de 2022 (Atualizado Há 2 dias atrás)

Legenda: Secretário Fábio Vaz destacou as mais de 60 obras da Educação executadas nesta gestão 

Autor da Foto: Lenna Borges/Governo do Tocantins

 

Atualmente, os alunos do distrito de Buritirana, em Palmas, que necessitam cursar o ensino médio, precisam do transporte escolar para estudar na escola mais próxima, a Duque de Caxias, em Taquaruçu, mas essa realidade vai mudar com a autorização do Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para abertura do edital de construção da escola estadual no distrito. A solenidade de autorização ocorreu nesta quarta-feira, 22, com a presença de autoridades e da comunidade local.

O secretário Fábio Vaz ressaltou a importância da escola para o distrito de Buritirana e enfatizou os esforços do Governo do Estado em prol da Educação Pública. "Já executamos mais de 60 obras, entre construções, reformas e ampliações das unidades escolares do Tocantins. Temos que destacar que esta gestão tem a educação como prioridade, com a valorização dos servidores, e investimento na infraestrutura das escolas. Somos uma gestão que valoriza essa classe que é a base da sociedade", frisou o gestor da Seduc.

O governador Wanderlei Barbosa destacou a espera da comunidade, mais de 20 anos, pelo ensino médio no distrito. "A escola vai atender a população dos assentamentos e urbana, pois Buritirana está crescendo com o turismo e o agronegócio, temos que dar condições para os jovens concluírem seus estudos. Também vamos consultar a comunidade sobre a oferta de curso superior pela Unitins [Universidade Estadual do Tocantins], com a descentralização. Temos que qualificar as pessoas para se tornarem competitivas, pois o mercado exige cada vez mais qualificação", concluiu o governador.

Beneficiados

O distrito de Buritirana conta com 253 estudantes matriculados na Escola Municipal de Tempo Integral Luiz Nunes de Oliveira, com oferta do 1° ao 9° ano do ensino fundamental, havendo uma demanda reprimida da oferta de ensino médio que será suprida pela construção da escola estadual.

Moradora na região de Buritirana há 14 anos, Valdinete Galvão de Oliveira é mãe de seis filhos, um deles, Sabrina que está fora da escola e estava cursando o 2° ano do ensino médio, mas teve que abandonar a escola devido à dificuldade do deslocamento diário até Taquaruçu. "Nós, moradores, estamos com grande expectativa com a construção da escola para o ensino médio, pois esperamos há muito tempo. Confiamos que desta vez não ficará só na promessa", disse.

Para a estudante Gabriela Alves de Souza, 11 anos, aluna do 6° ano do ensino fundamental da ETI Luiz Nunes de Oliveira, a esperança é de continuar os estudos no local onde mora. "Estou animada com a certeza de que quando eu terminar o 9° ano terei uma escola para continuar meus estudos onde eu moro".

Estrutura

O edital prevê a construção de seis salas de aula, com bloco de refeitório, quadra poliesportiva coberta e sistema de combate a incêndio e pânico.

 

 

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários