Academias reabrem dia 15 em Palmas com orientações em prevenção a Covid-19

A reabertura só será possível através de um decreto de reabertura do comércio apresentado pela Prefeitura de Palmas

Publicado em: 13 de Junho de 2020
Foto Por: Reprodução/ TV Anhanguera
Autor: GloboEsporte.com, Palmas, TO
Fonte: GloboEsporte.com, Palmas, TO
Daniele Costa segue treinando em casa neste período

Academias, escolas de tênis, artes marciais, futebol entre outros esportes receberam autorização para retornarem as atividades no dia 15 (segunda-feira). A reabertura só será possível através de um decreto de reabertura do comércio apresentado pela Prefeitura de Palmas. Mas, algumas regras devem ser seguidas para manter o ambiente seguro contra a Covid-19: controle do fluxo de pessoas, além do uso de álcool e limpeza dos equipamentos de treino.

 

Escolas que oferecem aulas de tênis, natação e artes marciais voltam dia 15; veja orientações

Eva Lima já se organiza para voltar a trabalhar com os alunos ao ar livre (treino funcional), porém, o decreto não eixa claro sobre o retorno desse tipo de atividade na capital.

 

- A gente vai voltar, mas de uma forma totalmente diferente. Eu, por exemplo, tenho vários materiais que trabalhava em circuito, que a gente não vai poder utilizar do mesmo formato, compartilhando o mesmo material. Então, a gente vai entrar em um formato de uma aula mais curta, nossa aula antes era de uma hora, e agora vamos priorizar aulas de 40 a 45 minutos, pela questão da imunidade – afirmou Eva. 

 

Enquanto algumas academias e escolas se preparam para o retorno, a Paula Martins prefere esperar. Ela tem uma academia de artes marciais e sentiu com o fechamento, mas Paula opta pela reabertura com uma segurança maior para os alunos.

 

- A gente achou melhor neste momento não voltar com as aulas coletivas, o que é mais seguro para todos. A gente vai repensar daqui uns 15 ou 20 dias, se cair ou não o índice da Covid-19.

 

A Daniele Costa ainda prefere treinar em casa, mesmo com a opção de retornar à academia no próximo dia 15.

 

- Por enquanto, graças a Deus eu ainda tenho estrutura para malhar em casa e vou manter – afirmou Daniele Costa.

 

O momento também abre novas oportunidades para os profissionais que trabalham na área. Segundo a personal trainer, Mônica Cury, tem muita gente, inclusive, comprando aparelhos para realizar atividades em casa.

 

- O mercado de vendas também aumentou muito. Os preços também subiram, mas tem muita venda de equipamentos, coisa que a gente não tinha antes aqui na cidade – concluiu.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.