Alunos da Escolinha de Futebol Nilton Santos disputam torneio no encerramento das atividades do semestre

Publicado em: 07 de Dezembro de 2018
Foto Por: Elias Oliveira/Governo do Tocantins
Autor: Alcione Luz / Governo do Tocantins
Fonte: Ascom
Escolinha Nilton Santos oferece aulas gratuitas de futebol

As aulas na Escolinha de Futebol Nilton Santos de Palmas terminam neste sábado, 8, e para comemorar as atividades do semestre, a unidade promoverá um Torneio de Encerramento com a participação dos alunos e familiares. As competições começarão às 8 horas, na sede da unidade, localizada na 407 Norte (Arno 43).

 

Durante toda a manhã serão realizados diversos jogos de futebol entre os alunos, divididos por categoria, do Sub-7 ao Sub-17.

 

Depois das disputas, os alunos e familiares participarão de um momento de lazer com lance de confraternização.

 

A escolinha de futebol, administrada pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), oferece aulas gratuitas de futebol a estudantes de escolas públicas.

 

Este ano, o projeto atendeu cerca de 380 crianças e adolescentes, com idade entre 7 e 17 anos, divididos em turmas nos períodos matutino e vespertino. Cada aluno participa das atividades duas vezes por semana, orientados por professores de Educação Física.

 

Segundo o gerente da unidade, Carlos Ricardo dos Santos, este ano os alunos participaram de amistosos com times de Goiás e Maranhão.

 

No primeiro semestre, equipes da Escolinha tiveram a oportunidade de jogar com times das categorias de base do Goiás Esporte Clube, Atlético Goianiense e Goiânia.

 

No segundo semestre, os garotos participaram de torneios com equipe do Maranhão Atlético Clube e Sampaio Correia.

 

 "Na escolinha, ensinamos futebol com disciplina e respeito e também promovemos a socialização desses jovens", destacou o Gerente.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.