Coudet persegue primeira vitória em Gre-Nais e admite: "Me incomoda muitíssimo"

Argentino tem duas derrotas e um empate em três clássicos e parte para o quarto duelo com o Grêmio, agora pela final do segundo turno do Gauchão

Publicado em: 03 de Agosto de 2020
Foto Por: Ricardo Duarte/Divulgação Inter
Autor: Redação do ge — Porto Alegre
Fonte: Glovo Esporte
Eduardo Coudet Inter x Esportivo

Eduardo Coudet sequer completou oito meses de trabalho – com uma longa paralisação no calendário no meio do caminho – e já parte para o quarto Gre-Nal pelo Inter disposto a quebrar uma escrita ingrata. O treinador persegue sua primeira vitória sobre o Grêmio no clássico da próxima quarta-feira, às 21h30, com local ainda a definir pela final do segundo turno do Gauchão.

 

O histórico incomoda – e "muitíssimo" – o argentino, como ele próprio admitiu após a goleada por 4 a 0 sobre o Esportivo, neste domingo, no Beira-Rio, pela semifinal. Em sua análise, Coudet diz que o Inter até jogou melhor os clássicos. Mas os resultados são negativos.

 

– Me incomoda muito. Te diria muitíssimo. Tentamos sustentar uma ideia. Cada vez que nos há tocado enfrentar o clássico, sinto que fomos superiores. Me incomoda muito. Quero ganhá-lo. Seguramente que tentaremos novamente nos impor e poder dar o triunfo para os torcedores – disse o treinador após a goleada sobre o Esportivo.


Até o momento, o argentino tem apenas duas derrotas em 20 jogos no comando do Inter. Ambas por 1 a 0 e para o maior rival. A primeira veio na semifinal do primeiro turno do Gauchão. A segunda é mais recente, no Estádio Centenário, pela 4ª rodada do segundo turno.

 

Além das derrotas, Coudet tem ainda um empate no único clássico que disputou na Arena. Trata-se do 0 a 0 no primeiro Gre-Nal da história pela Libertadores.

Eduardo Coudet em Gre-Nais:

  • 3 clássicos
  • 1 empate
  • 2 derrotas
  • 2 gols sofridos
  • 0 gol feito

O histórico particular incomoda. Mas o retrospecto recente do Inter em clássicos é ainda mais ingrato. O Colorado não vence um Gre-Nal há oito duelos. Desde setembro de 2018, quando Edenílson fez o gol da vitória por 1 a 0 no Beira-Rio pelo Brasileirão.

 

O clássico decisivo desta quarta-feira deve ser disputado na Arena. E isso traz uma outra escrita negativa. O Inter tem apenas uma vitória no estádio rival e não vence um Gre-Nal como visitante há 12 jogos. Esta é a maior longevidade da história do clássico.

 

O Inter enfrenta o Grêmio pela final do segundo turno do Gauchão na próxima quarta-feira, às 21h30. A tendência é de que a partida seja disputada na Arena, mas ainda é preciso do aval da Prefeitura de Porto Alegre.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.