Domingo,
24 de Outubro de 2021

Crespo admite preocupação do São Paulo com rebaixamento no Brasileirão: Devemos fazer três pontos, não somente merecer

Treinador são-paulino afirmou que equipe deve respeitar a situação na tabela de classificação

Autor: Redação do ge — São Paulo

Fonte: ge — São Paulo

Publicado em 12 de Outubro de 2021 (Atualizado Há 2 semanas atrás)

Legenda: Hernán Crespo, treinador do São Paulo, durante a partida contra o Cuiabá

Autor da Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

O técnico Hernán Crespo, do São Paulo, admite o incômodo com a fase do São Paulo no Campeonato Brasileiro. Diante do Cuiabá nesta segunda-feira, na Arena Pantanal, a equipe ficou no 0 a 0 e embalou o quinto empate consecutivo na temporada, que deixa a equipe próxima à zona de rebaixamento.

O resultado de igualdade deixa o São Paulo com 30 pontos, apenas quatro acima do Bahia, que tem um jogo a menos (24 a 25) na competição. O treinador falou sobre essa luta contra a parte mais baixa da tabela e a necessidade de vitória.

– É normal que temos que nos preocupar com a situação. Temos possibilidade de chance de Sul-Americana e Libertadores, mas temos que respeitar e olhar para baixo, porque tem times importantes como Grêmio e Santos. Devemos respeitar. Devemos fazer três pontos, não somente merecer – declarou.

Mais sobre o São Paulo:
+ "Mais uma vez ficou devendo", afirma zagueiro Miranda
+ Rigoni sente dores e vai passar por novos exames
+ Confira as notas dos jogadores no empate

Apesar do discurso, Crespo segue tranquilo enquanto à briga contra o rebaixamento. Mais do que a diferença, o técnico se apega ao elenco e ao trabalho para evitar qualquer pressão diante da proximidade da parte baixa da tabela.

– Acho que o time está em condições de se salvar tranquilamente, mas falo sempre que nesse período de junho vamos ter que lutar até o final. Acho que os últimos dois jogos merecíamos ganhar. Contra a Chapecoense merecíamos ganhar, com Santos também tivemos chances para chegar ao gol – relatou Crespo, insatisfeito com o acúmulo de empates.

+ Leia mais notícias sobre o São Paulo

– Quando empata, empata e empata, é difícil. Hoje o jogo foi mais equilibrado, não tivemos a intensidade do último jogo contra o Santos – completou o treinador argentino.

Confira mais da entrevista coletiva de Crespo:

Falta de resultados
– Entendo que a situação é sempre ganhar. Se vai jogar e evoluir, o período de Brasileirão, entendo a situação. Vamos ver o ano completo. Seguramente, saindo de uma situação incômoda que estamos no Brasileirão, acho que é uma temporada muito boa. Sair da fila, quartas de Libertadores, coisas que não aconteciam havia tempo. Ao mesmo tempo, sei que temos que ganhar. Não perdemos, mas sabemos que temos a vontade e a obrigação de ganhar jogos. Estamos tentando, mas no momento que o gol está fechado para a gente.

Ineficácia ofensiva
– Seguramente hoje tivemos posse de bola, acho que foi 65%, mas não foi concretizada, não tivemos ocasiões para fazer gols. Acho que o momento de dificuldade, porque chegamos, tivemos situações perto do gol e não conseguimos concretizar. Estão jogando todos como Calleri, Luciano, Rigoni, mas em um momento assim de posse de bola não é suficiente, porque não conseguimos concretizar em chances.

Ausência de Orejuela
– Não tinha ele à disposição. Não estava à disposição. Treinou dois ou três dias. Acho e espero que possa relacioná-lo para quinta-feira.

Está conseguindo reproduzir nos jogos o que trabalha?
 Estávamos chegando muito pelos lados, verticais. Não estamos concretizando o que talvez criamos. Defensivamente estamos melhores, concedendo poucos gols. Devemos ser mais concretos na fase ofensiva. Temos talentos com características, também tivemos Luciano. Estamos provando situações para tratar de ser concretos e ganhar os três pontos que faltam para a gente. Estamos tentando os setores, tentando os meios. No momento o gol se fechou, teremos que tentar com paciência e trabalho.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários