Decisão sobre realizar as Olimpíadas tem de esperar 2021, diz vice do Comitê Organizador

Após vice do COI apontar outubro como mês crucial para decidir futuro dos Jogos de Tóquio, japoneses acreditam que só a partir de março é possível bater o martelo

Publicado em: 05 de Junho de 2020
Foto Por: REUTERS/Athit Perawongmetha
Autor: GloboEsporte.com — Tóquio, Japão
Fonte: GloboEsporte.com — Tóquio, Japão
Olimpíadas de Tóquio podem ser canceladas por causa da pandemia do coronavírus

Uma decisão final sobre realizar ou não as Olimpíadas de Tóquio não deve ser tomada antes de março de 2021. Depois de o vice-presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI) apontar outubro como mês crucial para tal decisão, Toshiaki Endo, um dos vice-presidentes do Comitê Organizador dos Jogos, afirmou que vai ser preciso esperar pelo menos até a próxima primavera do hemisfério norte para um possível cancelamento das Olimpíadas em decorrência da pandemia do coronavírus.

 

- A seleção de atletas por volta do próximo mês de março será um grande desafio. O Comitê Organizador precisará tomar algum tipo de decisão considerando a situação naquele momento. Ainda existem muitas estimativas, e não está claro qual será a nova situação do coronavírus no próximo verão. Ainda é muito cedo para discutir se os Jogos serão realizados - afirmou Endo, segundo o jornal japonês "The Mainichi".

+ Japão considera simplificar as Olimpíadas de Tóquio para conter disseminação do coronavírus
+ Bach admite cancelar as Olimpíadas caso a pandemia não esteja controlada em 2021
+ Mais notícias sobre o impacto do coronavírus nas Olimpíadas

 

As Olimpíadas de Tóquio foram inicialmente programadas para julho de 2020. Por causa da pandemia do coronavírus, os Jogos foram adiados pela primeira vez na história e remarcados para 23 de julho a 8 de agosto de 2021. No entanto, ainda não há garantias de que a pandemia vai estar controladas no ano que vem. Por isso, o COI já admitiu a possibilidade de cancelar os Jogos

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.