Domingo,
01 de Agosto de 2021

Demitido de time da MLS, Heinze limitou água, cortou folgas e mal falava com jogadores, diz TV

Técnico argentino, que esteve na mira de Palmeiras e Santos recentemente, deixou o Atlanta United depois de seis meses e péssimo relacionamento com elenco

Autor: Redação do ge — Atlanta, EUA

Fonte: ge — Atlanta, EUA

Publicado em 20 de Julho de 2021 (Atualizado Há 2 semanas atrás)

Legenda: Argentino Gabriel Heinze, ex-técnico do Atlanta United: "Inferno em seis meses", diz uma pessoa do clube

Autor da Foto: Divulgação/Atlanta United

O técnico argentino Gabriel Heinze não vai deixar saudades no Atlanta United. Demitido da equipe norte-americana depois de seis meses e apenas 17 jogos, o treinador, que esteve na mira do Palmeiras e foi cogitado no Santos, tinha péssimo relacionamento com elenco, segundo publicou a “Fox Sports” dos Estados Unidos.

Heinze, de 48 anos, assumiu o comando do time da MLS nesta temporada. Segundo a emissora, ele limitou a quantidade de água que os jogadores podiam beber durante os treinos da pré-temporada. Os médicos do clube foram forçados a intervir, segundo fontes ouvidos pela “Fox Sports”.

O argentino também se recusou a conceder folgas garantidas previamente aos jogadores e exigia que todos estivessem disponíveis para se apresentarem no centro de treinamento a qualquer momento. O técnico mal falava com seus jogadores, usava intermediários, e ele e sua equipe nunca se esforçaram para criar um bom relacionamento com os funcionários do clube.

"Foi um inferno todos os dias durante seis meses", disse uma pessoa ouvida pela TV.

Segundo a reportagem, a situação ficou tão crítica, que os jogadores do Atlanta United recorreram à Associação de Jogadores da MLS e prestaram uma queixa formal à liga. Eles citaram inúmeras violações do acordo coletivo de trabalho.

– A tática e o futebol são uma coisa, mas havia tanta coisa acontecendo fora do campo que os jogadores ficavam mentalmente esgotados diariamente – disse, à “Fox Sports”, uma pessoa do clube.

O estopim para a direção foi a ausência do venezuelano Josef Martínez no time titular. O atacante é um dos destaques do time e está presente desde a estreia da franquia na MLS.

Heinze foi demitido depois de 17 partidas no Atlanta. Foram quatro vitórias, oito empates e cinco derrotas. Pela MLS, ele obteve apenas duas vitórias em 13 jogos, e a equipe está na 10ª posição da Conferência Leste, fora da zona de classificação para os playoffs.

Ex-zagueiro do Manchester United e Real Madrid, Heinze começou a carreira como técnico no Godoy Cruz e se destacou pelos três anos no Vélez Sarsfield. No ano passado, ele foi um dos favoritos a substituir Luxemburgo no Palmeiras, mas Abel Ferreira foi o escolhido.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários