Quarta - Feira,
05 de Maio de 2021

Governo do Uruguai mostra otimismo para que Centenário receba final da Libertadores

Secretário Nacional de Esporte diz que estádio recebeu visita da Conmebol na última semana. Intermediação do país para receber vacinas teria influenciado na escolha

Autor: Redação do ge — Montevidéu

Fonte: ge — Montevidéu

Publicado em 01 de Maio de 2021 (Atualizado Há 4 dias atrás)

Legenda: Estádio Centenário, em Montevidéu, pode ser palco da final da Libertadores de 2021

Autor da Foto: Reprodução/Twitter

O secretário Nacional de Esporte do Uruguai, Sebastián Bauzá, declarou que o estádio Centenário, em Montevidéu, tem grandes chances de receber a final da Libertadores de 2021. Ele revelou que o local recebeu inspeção da Conmebol na última semana e mostrou otimismo para que a decisão ocorra na capital uruguaia.

– Somos candidatos. Na semana que vem, vai definir o lugar. na semana passada, pessoas da Conmebol visitou o Centenário e dizendo o que temos que fazer. Está bem adiantado. Vai ser definido na semana que vem, mas estamos com muitas esperanças – declarou Bauzá, em entrevista coletiva.

Em seu último comunicado sobre o tema, em fevereiro, a Conmebol divulgou os estádios que seguiam na disputa pelas finais dos torneios continentais até 2023. O estádio Centenário aparecia como opção apenas para a Libertadores de 2022.

Ao ge, um dirigente da Conmebol confirmou que o mítico palco uruguaio está, sim, na disputa pela decisão de 2021 e é um forte candidato. A escolha será definida na próxima reunião do Conselho da entidade, que deve ocorrer em até duas semanas.

Bauzá informou que a Conmebol pediu reformas nos vestiários, especialmente no de visitantes, e na iluminação. O gramado deve ser rebaixado para que as arquibancadas fiquem mais próximas ao campo. O secretário reiterou o desejo da entidade para que a decisão tenha público.

– O mais importante é que a vacinação siga avançando para que tenha público, porque um dos pedidos da Conmebol é que a final seja com público – declarou Sebastián Bauzá.

A imprensa uruguaia noticia que a atuação do governo do país para receber as 50 mil doses de vacinas contra Covid-19 pode influenciar. Associações civis não estão permitidas para receber imunizantes. O Uruguai intermediou junto ao laboratório chinês Sinovac e recebeu o lote, que vai ser distribuído aos demais países da América do Sul para uso no futebol.

À rádio “Sport 890”, o secretário da Presidência da República do Uruguai, Álvaro Delgado, afirmou que teve uma reunião com o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez. Delgado confirmou que o dirigente da entidade sul-americana estava disposto a compensar o governo uruguaio.

– Ele (Alejandro Domínguez) se mostrou muito grato e falou de vários eventos esportivos para este ano que possam acontecer. O que nós fizemos foi conectar as gestões entre o laboratório Sinovac e o governo com a Conmebol. Isso gerou um agradecimento do presidente da organização (Domínguez) – declarou Delgado.

A final da Libertadores de 2021 está marcada para o dia 20 de novembro, um sábado, às 17h. De acordo com o documento divulgado em fevereiro, outros 10 estádios estavam na disputa:

  • Argentina: Libertadores da América, El Cilindro (Presidente Perón), La Bombonera (Alberto J. Armando), Monumental de Núñez (Antonio Vespucio Liberti), Nuevo Gasómetro (Pedro Bidegain), Mario Kempes e Estadio Único;
  • Brasil: Beira-Rio (RS) e Morumbi (SP);
  • Equador: Monumental de Guayaquil.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários