Lucianodependência? Diniz não encontra substituto para atacante no São Paulo após três tentativas

Titular não atuou nos últimos três jogos, e reservas não deram conta do recado

Publicado em: 16 de Janeiro de 2021
Foto Por: Miguel Schincariol/saopaulofc.net
Autor: Redação do ge — São Paulo
Fonte: ge — São Paulo
Luciano, do São Paulo

Nos últimos três jogos em que o São Paulo não pôde contar com Luciano, Fernando Diniz testou três jogadores diferentes na vaga do atacante. Nenhum correspondeu à altura, e o Tricolor não venceu nenhuma das partidas.

 

Com uma inflamação na perna esquerda, Luciano, vice-artilheiro do elenco com 15 gols na temporada, ainda é dúvida para enfrentar o Athletico no próximo domingo, às 16h, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, na Arena da Baixada. Se não puder jogar, outra vez Diniz terá que quebrar a cabeça para escalar um substituto.

Mais notícias sobre o São Paulo:
+ Computador que viralizou com Muricy tem outra função
+ Antony comenta influência de Diniz

 

Na primeira partida com Luciano ausente, o segundo jogo da semifinal da Copa do Brasil, contra o Grêmio, o treinador optou por colocar Tchê Tchê na vaga do atacante. A tentativa havia dado certo na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-MG, e repetir a fórmula era o caminho natural.

 

Contra o time gaúcho, porém, Tchê Tchê foi anulado e não conseguiu ser o jogador "coringa" da outra ocasião. O São Paulo não teve boa atuação ofensiva, e o empate sem gols eliminou o Tricolor paulista na competição.

 

No jogo seguinte, diante do Bragantino, pela 28ª rodada do Brasileirão, Diniz apostou em Vitor Bueno para atuar ao lado de Brenner. Tchê Tchê dessa vez foi primeiro volante, no lugar do suspenso Luan.

 

Outra vez, o sistema ofensivo decepcionou. Vitor Bueno fez mais uma partida ruim na temporada e pouco contribuiu. Foi substituído no segundo tempo. Os gols são-paulinos foram marcados por Tchê Tchê (volante) e pelo atacante Gonzalo Carneiro, que saiu do banco e fez apenas seu primeiro gol na temporada.

Após o fiasco em Bragança Paulista, com derrota por 4 a 2, foi necessária outra tentativa para a partida seguinte, contra o Santos. O escolhido da vez foi Pablo. Em baixa na temporada, o atacante também não se sobressaiu.

 

Contratado em 2019 como um dos maiores investimentos da história do clube, Pablo tem apenas um gol nesta edição do Campeonato Brasileiro, marcado na quinta rodada, em agosto, contra o Sport. Seu último gol foi em novembro, na vitória por 3 a 0 sobre o Flamengo, pela Copa do Brasil.

 

Com todos esses problemas para achar um substituto para Luciano, Diniz teve uma semana cheia de treinos para encontrar a melhor solução. Além dos três já testados, o treinador tem como opções Paulinho Boia, Tréllez, Gonzalo Carneiro, Rojas e Galeano.

+ Leia mais notícias do São Paulo

 

Toró também seria opção. No entanto, o atacante está afastado por conta da Covid-19 e ainda não tem previsão de retorno.

 

Líder do Brasileirão, com 56 pontos, o São Paulo vem de duas derrotas no campeonato e precisa dar uma resposta imediata na competição. O Internacional, vice-líder com 53 pontos, pode assumir a liderança nesta rodada.

+ SEJA SÓCIO TORCEDOR! Ganhe vantagens exclusivas e ajude o São Paulo a ser ainda maior. Clique aqui e se cadastre

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.