Sábado,
17 de Abril de 2021

Mais opções, uma vaga: como está a disputa no ataque do Palmeiras para final da Copa do Brasil

Gabriel Menino se lesionou em jogo contra o Coritiba e é dúvida para final

Autor: Redação do ge — São Paulo

Fonte: ge — São Paulo

Publicado em 24 de Fevereiro de 2021 (Atualizado Há 2 meses atrás)

Legenda: Sem Legenda

Autor da Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

Uma opção de velocidade, uma alternativa para aumentar o poder de finalização ou até uma possibilidade para reforçar mais o meio de campo. É assim que o Palmeiras pode preencher a última vaga aberta de seu setor ofensivo para as finais contra o Grêmio, na Copa do Brasil.

 

O Verdão conta hoje com dois titulares absolutos: Rony e Luiz Adriano. Pelo menos foi assim nas disputas recentes de Libertadores, Mundial de Clubes e Brasileirão.

 

A terceira vaga desse setor tem sido analisada pela comissão técnica e conta, em teoria, com até oito concorrentes – número já sem o atacante Breno Lopes, que não poderá jogar as finais por ter atuado na Copa do Brasil pelo Juventude.

 

Mais sobre o Palmeiras:
+ Diretoria mantém interesse em Borré, do River
+ Verdão lança novos uniformes; veja fotos

 

Com a possibilidade de jogar como lateral, volante, meia e até aberto pelo lado direito, Gabriel Menino foi a escolha de Abel Ferreira em jogos decisivos como contra o Santos, na Libertadores, e contra o Tigres, no Catar.

 

Em seu setor, o atleta reforçou a marcação pelo lado de Marcos Rocha e foi opção, mesmo que de maneira mais tímida, no ataque. O problema é que ele ainda se recupera de uma entorse no tornozelo e é dúvida para o primeiro jogo da final.

 

Na última segunda-feira, contra o Atlético-GO, o lateral-direito Mayke foi improvisado no setor e aumentou a lista de possibilidades para o Verdão.

 

Alguns retornos estão sendo comemorados internamente: Wesley se recuperou de lesão no joelho e participou de alguns minutos do empate com a equipe de Goiânia, enquanto Gabriel Veron, recuperado de lesão muscular, voltou a treinar sem restrições na Academia de Futebol.

 

Os dois dão ao time a característica de velocidade e de drible, algo que é procurado por Abel Ferreira e seus auxiliares. Questões físicas e de ritmo, porém, podem atrapalhar os planos para uma possível escalação desde o início no domingo.

 

Willian é uma alternativa mais ofensiva. Com três atacantes, ele pode completar o setor que começa a ter Luiz Adriano mais livre para se movimentar fora da área. Neste caso, Willian pode manter a presença palmeirense entre os zagueiros adversários, do lado para o meio.

 

Gustavo Scarpa, Lucas Lima e até Lucas Esteves foram outros testados abertos pelos lados do ataque nos últimos jogos. Breno Lopes talvez seja atualmente um dos mais preparados para a assumir a vaga, até pelo embalo natural causado pelo gol do título na final da Libertadores, mas o atacante já disputou a Copa do Brasil de 2020 pelo Juventude e não pôde ser inscrito.

 

Nesta quinta-feira, Abel Ferreira e seus auxiliares terão mais uma chance de testar e analisar em campo a equipe. O Palmeiras enfrenta o Atlético-MG, às 21h30, no Mineirão, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O primeiro jogo contra o Grêmio será no domingo, em Porto Alegre, às 16h.

+ Clique aqui e leia mais notícias sobre o Palmeiras

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários