Palmeiras confirma mais cinco casos de Covid-19 no elenco; são 19 jogadores afastados

Raphael Veiga, Willian, Aníbal, Breno Lopes e Alan testaram positivo e já iniciaram isolamento

Publicado em: 21 de Novembro de 2020
Foto Por: Cesar Greco / Ag. Palmeiras
Autor: Redação do ge — São Paulo
Fonte: ge — São Paulo
Willian e Raphael Veiga, do Palmeiras, estão entre os que testaram positivo

O Palmeiras anunciou na manhã desta sexta-feira que mais cinco jogadores testaram positivo para a Covid-19. São eles: o meia Raphael Veiga e os atacantes Willian, Aníbal e Breno Lopes, além do meia Alan, que estava emprestado ao Guarani e se recupera no clube de uma fratura sofrida no pé.

 

De acordo com o comunicado, todos já estão isolados e sob acompanhamento dos médicos do Núcleo de Saúde e Performance do Palmeiras. Eles cumprirão o protocolo de dez dias de isolamento.

Mais notícias do Palmeiras:
+ Veja quem são os próximos a voltar após a Covid-19
+ Palmeiras diz que Scarpa teve reinfecção de Covid


Dessa forma, perderão os próximos jogos do Verdão no período, entre eles a partida de ida das oitavas de final na Libertadores, na próxima quarta-feira, contra o Delfín, do Equador.

 

Com os cinco novos casos, o Palmeiras chega a 19 jogadores infectados e isolados neste momento por conta da Covid-19. São eles: Jailson, Vinicius Silvestre, Gabriel Menino, Matías Viña, Alan Empereur, Benjamín Kuscevic, Danilo, Gustavo Scarpa, Quiñonez, Gabriel Silva, Rony, Gabriel Veron, Marino Hinestroza e Pedro Acacio, além dos quatro mais recentes.

 

Além da preocupação com o grande número de casos no clube, o Palmeiras também tem quatro funcionários que testaram positivo para a Covid-19 pela segunda vez. O meia Gustavo Scarpa é um deles.

 

Por outro lado, o zagueiro Luan, o primeiro a testar positivo nesse surto recente, já está recuperado e voltou a treinar na Academia de Futebol. Ele deve retornar ao time no jogo deste sábado, às 21h, contra o Goiás.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.