Domingo,
01 de Agosto de 2021

Palmeiras planeja contratar novo lateral esquerdo com saída iminente de Vina para a Roma

Clube está em conversas adiantadas para vender o uruguaio por quase 70 milhões ao todo

Autor: André Hernan e Thiago Ferri — São Paulo

Fonte: GE — São Paulo

Publicado em 20 de Julho de 2021 (Atualizado Há 2 semanas atrás)

Legenda: Matías Viña durante treino do Palmeiras na Academia de Futebol

Autor da Foto: Cesar Greco

Palmeiras ainda tem detalhes a definir, mas se prepara para concluir a venda de Viña à Roma, da Itália. Enquanto encaminha a saída por uma negociação de 11 milhões de euros (R$ 68 milhões) ao todo, o clube se prepara para ir ao mercado em busca de um substituto.

Além do uruguaio, Abel Ferreira tem no elenco Victor Luis e Esteves para a lateral, mas nas últimas vezes que não contou com Viña improvisou o zagueiro Renan na função.

Mais notícias do Palmeiras
+ Pedrão e Angulo têm futuro incerto
+ Grêmio faz novo contato por Luiz Adriano 

Por conta do peso do camisa 17 na equipe, o Verdão já está de olho no mercado para encontrar outro lateral. Francisco Ortega, do Vélez Sarsfield, da Argentina, negociou para chegar neste segundo semestre, mas acabou renovando o contrato com o Vélez, que antes acabava em junho.

O clube já fez um mapeamento de atletas sul-americanos no ano passado, quando escolheu Viña, do Nacional, do Uruguai. Antes de contratá-lo, avaliou nomes do Equador, Colômbia e Paraguai, também.

Jorge, com passagem pelo Santos e que estava emprestado pelo Monaco ao Basel, da Suíça, é um lateral que agrada à diretoria, mas ainda não recebeu contatos. O jogador sofreu uma lesão no joelho esquerdo em dezembro, passou por uma cirurgia e retomou recentemente os treinamentos.

Aos 23 anos de idade, o jogador da seleção uruguaia chama a atenção do mercado internacional, pois possui passaporte europeu. E a Roma, comandada por José Mourinho, colocou-o como favorito para reforçar a posição após a lesão de Spinazzola.

O Verdão tem 57,5% dos direitos econômicos de Viña, mas está em conversas com o Nacional para conseguir uma fatia maior, e a tendência é de que o clube brasileiro leve perto de 7,5 milhões de euros (R$ 46,5 milhões), equivalente a quase 70% do valor total.

No ano passado, o Palmeiras pagou 3,5 milhões de euros (R$ 16,5 milhões na época) por 50% dos direitos econômicos, e depois comprou mais 7,5% previstos em contrato.

Parte importante da tríplice coroa na temporada passada (Paulista, Copa do Brasil e Libertadores), Viña tem 70 partidas e cinco gols pelo Palmeiras. Ele por enquanto segue treinando na Academia de Futebol, à espera da definição de sua saída.

+ CLIQUE AQUI e leia todas as notícias do Palmeiras

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários