"Bem, Amigos!" elege top 3 campeões brasileiros: Palmeiras, de 1994; Cruzeiro, de 2003; e Flamengo, de 2019

Enquete contou com votos de oito participantes (entre jornalistas, comentarias e narradores), mas Galvão disse que votação ainda está aberta

Publicado em: 12 de Maio de 2020
Foto Por: Reprodução
Autor: SporTV — Rio de Janeiro
Fonte: Globo Esporte
"Bem, Amigos!" abre votação interna para eleger "top 3 campeões brasileiros"

"Bem, Amigos!" desta segunda-feira (11) abriu uma votação interna para eleger o "top 3 campeões brasileiros" da história. "Não os melhores, mas os que mais marcaram", explicou Cléber Machado ao falar sobre a enquete.

A votação teve participação de Caio Ribeiro, Cléber Machado, Galvão Bueno, Maurício Noriega, Muricy Ramalho, Serginho Xavier, Sidney Garambone e Waler Casagrande.

"Os três times mais citados cronologicamente foram: o Palmeiras, de 1994, o Cruzeiro, de 2003, e o Flamengo, de 2019", disse Cléber Machado.

– Um time dos anos 90, um do começo da era dos pontos corridos... Luxemburgo dirigiu os dois. E o atual Flamengo de 2019 – acrescentou o apresentador.

 

Veja alguns argumentos para o top 3:

Palmeiras, de 1994: "A gente tem, na minha votação, o Vanderlei (Luxemburgo) com o Palmeiras da Parmalat, que é o Palmeiras do Vanderlei e do Edmundo, que é brincadeira o ele jogou aquele ano...", comentou Caio.

Cruzeiro, de 2003: "O que me encantou de 2003 foi o Alex. O Alex naquele ano jogou demais. Acho que sempre que a gente fala do Cruzeiro de 2003 vem na mente o Alex. O Alex foi um absurdo naquele ano", disse Casagrande.

Flamengo, de 2019: "A gente tem que pensar também no que está jogando hoje. E o Flamengo de 2019 realmente fez um futebol diferente, que envolveu todo mundo e que vai ser difícil de ser batido este ano", defendeu Muricy.

Antes de terminar o programa, Galvão Bueno declarou que a enquete ainda vai receber votos de outros comentaristas e jornalistas, como do Júnior, Bodão, etc:

– Vai vir muito voto ainda, Cléber! (risos).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.