Veja por que alguns destaques de 2019 perderam espaço com Diniz no São Paulo de 2020 e compare

Liziero, Toró, Luan, Igor Vinicius e Everton foram pouco utilizados nesta temporada

Publicado em: 28 de Maio de 2020
Foto Por: Marcos Ribolli
Autor: Eduardo Rodrigues — São Paulo
Fonte: GloboEsporte.com
São Paulo posado antes de confronto contra a LDU, pela Libertadores da América

Até a pausa no futebol brasileiro por conta da pandemia do novo coronavírus, Fernando Diniz tinha encontrado um time-base do São Paulo para a disputa do Campeonato Paulista e da Libertadores:

Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes; Antony, Vitor Bueno e Alexandre Pato.

Mais do São Paulo:
+ Alvaro Pereira diz que voltaria "a qualquer preço"
+ Tricolor anuncia créditos para torcedores; entenda

O time ideal, porém, fez com que jogadores importantes no ano passado perdessem espaço no início desta temporada. Foram os casos, por exemplo, de Toró, Everton, Liziero, Igor Vinicius e Luan.

Os cinco foram fundamentais em muitos momentos de 2019 e chegaram a ter sequência no time titular, principalmente sob o comando do técnico Cuca.

Mas em 2020, a situação deles está bem diferente...

Veja abaixo a comparação:

Luan - volante

No início de 2019, o jogador era uma unanimidade na equipe comandada por Vagner Mancini e, posteriormente, pelo técnico Cuca. Ambos viam em Luan uma boa saída de bola e força física no combate na frente da área.

Após a chegada de Fernando Diniz ao Tricolor, o jogador ainda teve algumas chances, mas não se encaixou no estilo do treinador. Em 2020, perdeu espaço de vez com a mudança de Tchê Tchê para primeiro volante.

  • 2019: 35 jogos (de 60 possíveis) e 2.673 minutos
  • 2020: 2 jogos (de 12 possíveis) e 94 minutos

 

Liziero - volante

Sem as lesões que tanto o atrapalharam na carreira, Liziero conseguiu ter sequência em 2019 e suas boas aparições até despertaram interesse no Barcelona. Eric Abidal, uma espécie de olheiro do time espanhol, esteve no Morumbi para observá-lo.

Em 2020, no entanto, o volante até teve boas oportunidades de brigar por uma vaga no time titular, mas não aproveitou nenhuma delas. A última, inclusive, decepcionou a comissão técnica.

Diante do Botafogo-SP, pelo Paulistão, Diniz optou por utilizar os reservas e esperava que Liziero chamasse a responsabilidade para si. O jogador foi apático, e o São Paulo perdeu por 1 a 0.

< >2019: 29 jogos (de 60 possíveis) e 1.715 minutos2020: 7 jogos (de 12 possíveis) e 186 minutos

Toró - atacante

No início do Campeonato Brasileiro do ano passado, o atacante participou de 15 dos 21 primeiros jogos do São Paulo na competição, quase todos como titular. No entanto, uma lesão freou sua sequência e, quando se recuperou, Cuca já não era mais o técnico da equipe.

A mudança no comando fez com que Toró tivesse que conquistar a confiança do novo treinador. Mas até o momento ele não conseguiu. Na melhor oportunidade que teve, na derrota para o Botafogo-SP, no Paulistão, Toró foi um dos piores em campo.

< >2019: 19 jogos (de 42 possíveis) e 1.129 minutos2020: 6 jogos (de 12 possíveis) e 150 minutos

Everton - atacante

Um dos mais experientes do elenco, Everton sofre com seguidas lesões desde 2018. Mesmo assim, o atacante ainda disputou 31 partidas e teve bons momentos no ano passado. Quando Fernando Diniz foi contratado, o jogador estava lesionado e não pôde ser observado pelo treinador.

Com Antony na seleção brasileira olímpica no início de 2020, havia a expectativa de Everton ser o substituto, mas ele foi preterido por Helinho. O atacante, então, só foi utilizado cinco vezes na temporada e com poucos minutos em campo.

< >2019: 31 jogos (de 60 possíveis) e 2.053 minutos2020: 5 jogos (de 12 possíveis) e 167 minutosCom a troca de comando de Cuca por Fernando Diniz, o espanhol Juanfran assumiu de vez a posição, e Igor Vinicius viu seu espaço ser cada vez menor no elenco. Neste ano, ele foi usado apenas três vezes.

 

< >2019: 29 jogos (de 60 possíveis) e 1.991 minutos2020: 3 jogos (de 12 possíveis) e 225 minutos+ Leia mais notícias do São Paulo

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.