Quarta - Feira,
05 de Maio de 2021

Miracema: Profissionais reclamam falta de coleta do lixo hospitalar e gestão fala em licitação

Lixo Hospitalar não coletado causa prejuízos à saúde

Autor: Da redação

Fonte: PORTAL LJ

Publicado em 29 de Abril de 2021 (Atualizado Há 6 dias atrás)

Legenda: Lixo Hospitalar acumulado em Clínica Miracemense

Autor da Foto: Divulgação

Os profissionais de saúde e proprietários de Clínicas Odontólogicas em Miracema do Tocantins Cícero Salgado e José Roberto da Silva alertaram para a falta de coleta do lixo hospitalar por parte da prefeitura municipal.

Segundo Dr. Cícero, desde o mês de janeiro só foi feito um recolhimento o que tem causado um grande problema, pois, o lixo está sendo estocado e sequer pode ser transportado de qualquer maneira porque não seria correto, afinal, os riscos de contaminação são grandes.

"Se nada for feito a minha intenção é colocar na praça porque não vou ficar estocando isso aí" disse ao PORTAL LJ, se referindo à Praça Derocy Morais localizada no centro histórico da cidade em frente sua clínica odontólogica.

Prefeitura Municipal

Após contato da nossa reportagem com o executivo miracemense indagando o que estaria acontecendo fomos informados que " O processo de licitação está em tramitação para a contratação de empresa especializada na coleta e destinação dos resíduos hospitalares, segundo informações do Departamento Municipal de Licitação".

O problema é preocupante devido o tempo que já vai para 120 dias de coleta praticamente zero o que gera riscos.

Riscos Biológicos

A presença deste tipo de material no ambiente, pode causar a contaminação de corpos d'água, lençol freático, solo, fauna e propagar epidemias, enfermidades e moléstias.

Lixo Hospitalar

"O lixo hospitalar ou resíduos de serviço de saúde (RSS) são os materiais descartados pelos estabelecimentos de saúde sejam hospitais, clínicas, laboratórios, ambulatórios, farmácias, postos de saúde, necrotérios, centros de pesquisa.

Eles podem ser materiais descartáveis como luvas, seringas, algodão, gazes, bem como órgãos, tecidos, medicação, vacinas vencidas, materiais cortantes, dentre outros. Note que esses estabelecimentos podem ser também as clínicas veterinárias.

O descarte dos lixos hospitalares deve ser feito de maneira adequada, visto a quantidade de bactérias e vírus (resíduos infectantes) que apresentam os quais podem levar ao contágio de doenças infecciosas". (Toda Matéria).

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários