População solicita proibição de vendas de bebidas alcoólicas em Miracema

Publicado em: 03 de Junho de 2020
Foto Por: Ilustração
Autor: Da redação
Fonte: Portal LJ

PORTAL LJ tem recebido em sua redação insistentes pedidos de populares miracemenses solicitando que as autoridades proíbam a venda de bebidas alcóolicas urgentemente no município.

 

Com o aumento de contaminados pelo coronavírus, o  argumento por parte de quem faz a solicitação é, segundo eles, que a prática é a principal causa de aglomerações na cidade.

 

"Os pontos de vendas de bebidas são a prova real de que se isso for feito o número de casos do vírus vai diminuir, pois, eles estão sempre com bastante gente consumindo no local ou levando para outras áreas", disse um morador.

 

"Não queremos prejudicar a economia nem nossos comerciantes, mas, pelo menos por alguns dias entendemos que a atitude deve ser tomada", afirmou uma senhora.

 

Maiores problemas

 

É fato que devido ao grande potencial hídrico da região, muita gente compra bebidas para levar para as chácaras, fazendas, córregos, beira de lago, principalmente,  nesse momento onde as praias aparecem, e as aglomerações tem sido constantes.

 

"Isso sem falar nas festinhas de fundo de quintal, encontros de famílias que estão aí para quem quiser constatar", disse um jovem, acrescentando ainda que é testemunha ocular ao citar uma determinada praia que está recebendo muitos frequentadores especialmente nos fins de semana.

 

Para muitos, a bebida alcóolica é a raiz do problema, pois, é quem causa noventa por cento das aglomerações.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.