Prefeito de Miracema acompanha obras do Projeto Calçada Solidária

Publicado em: 23 de Junho de 2020
Foto Por: RONYS ROCHA
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

A Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Assistência Social e Desenvolvimento Urbano, da sequência às obras do Projeto Calçada Solidária, a primeira via a ser contemplada é a Avenida B, no setor Flamboyant I.

 

O Projeto, idealizado pelo prefeito Saulo Milhomem e pela secretária de Assistência Social, Laynnara Milhomem, tem como objetivo garantir o direito básico de todo o cidadão, o de ir e vir com acessibilidade e segurança.

 

"Queremos transformar nossas calçadas em passeios viáveis e seguros, locais em que os pedestres possam transitar livremente, além de ser uma ação que colaborará com a estética de nossa cidade, cujo potencial turístico é grande", ressaltou o prefeito Saulo Milhomem.

 

Para a moradora, Luciana Moreira, uma das 23 residentes da avenida B a aderirem ao projeto, à iniciativa trará desenvolvimento para a cidade, "com certeza é um ótimo projeto e tem tudo para realmente mudar a cara do município e deixar nossa cidade mais bonita e atrativa não só aos turistas, mas também aos investidores", destacou.

 

A Secretaria de Assistência Social informa que além dos 23 moradores da Av. B, já há 34 pessoas cadastradas e que em breve a sistemática do cronograma de atendimentos será divulgada.

 

"Às obras iniciadas no dia 8 de junho estão fluindo muito bem, com duas calçadas finalizadas, e mais três em andamento", informou o coordenador de Habitação, Cleiton Carneiro.

 

Projeto

 

O Projeto é resultado da parceria entre a Prefeitura e o proprietário do imóvel e consiste em construir e/ou restaurar calçadas, a fim de, garantir mais segurança e acessibilidade aos moradores.

 

Além de deixar esteticamente a cidade mais bonita e atrativa aos nossos turistas.

 

Como Participar?

 

Vá ao Departamento de Habitação, na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, na Prefeitura, de segunda à sexta-feira das 8h às 12h e realize o seu cadastro. Cerca de 50 moradores já se cadastraram e em breve serão beneficiado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.