Prefeitura de Miracema nomeia Comissão Organizadora do Concurso Público

Publicado em: 08 de Fevereiro de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom

O prefeito de Miracema, Saulo Milhomem assinou o decreto que instituiu na manhã desta sexta-feira, 7, a Comissão Especial para organização, acompanhamento e fiscalização do Concurso Público a ser realizado no município ainda em 2020.

 

De acordo com informações do procurador do município, Dr. Ryan Diógenes Brasil Mendes Arruda, após a assinatura do decreto a gestão começará os procedimentos iniciais, tais como, levantamento de vagas, procedimento licitatório para contratação de banca e demais atos de modo a preparar o concurso público.  

 

A Comissão organizadora trabalhará em parceria com a comissão de licitação na preparação do procedimento administrativo para contratação da banca que será responsável pela execução do concurso.

 

O procurador ressalta ainda que, não há nenhum impedimento jurídico quanto à realização do concurso público em ano eleitoral.

 

O prefeito Saulo Milhomem enfatizou o quanto este concurso é esperado e necessário para garantir a prestação dos serviços essenciais à comunidade.

 

Ressaltou também, a importância da Comissão Organizadora de discutir às necessidades junto à gestão e aos representantes das categorias e que manter o diálogo é importante para o sucesso do certame.

 

"Faremos tudo com transparência e tomaremos todas as medidas e cuidados possíveis para não ter nenhuma irregularidade", frisou o prefeito.

 

Presentes:

Estiveram presentes no ato da assinatura do decreto, os vereadores, Branquinho do Araras, Cirilo Douglas, Adilson do Correntinho e Pedro Farmácia o ex-vereador Manoelzinho da Sucan, os representantes da Comissão Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração do Servidores Públicos (PCCR) Quadro Geral, Rogério Filho, e do PCCR da Saúde, Mary Melo, o diretor de Assuntos Regionais do Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins, (Sisepe) Rorilândio Nunes dos Santos; secretários municipais e demais servidores da administração pública.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.