Secretaria da Saúde de Miracema entrega bicicletas para agentes

Publicado em: 15 de Setembro de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Da redação
Fonte: Portal LJ

A Secretaria Municipal de Saúde promoveu nesta segunda-feira, 14, a entrega de várias bicicletas aos agentes de saúde pa que realizem seus trabalhos com mais conforto e precisão.

 

Segundo a SEMUS informou, todos receberão esses veículos, algo que há muito tempo era desejado por eles.

 

Para evitar aglomerações as entregas estão ocorrendo de maneira parcelada e obedecendo os cuidados sanitários.

 

Além dos agentes contemplados, estiveram presentes funcionários da secretaria, Leal Junior, Sec. de Saúde, Sec. de Meio Ambiente Manoel Teixeira Neto e representando a comunidade atendida por esses profissionais o agropecuarista José Alves.

 

Todos enalteceram a importância do momento e o quanto as bicicletas facilitarão o trabalho.


 

"Quero parabenizar a gestão por essa iniciativa, pois, não é fácil fazermos nossos atendimentos a pé", disse a agente de saúde Helena representando seus colegas.


 

Para José Alves o atendimento tem sido muito bom, além de ressaltar a importância dos agentes na saúde.


 

Manoel Teixeira afirmou que é funcionário da saúde aposentando, e durante todos esses anos nunca tinha presenciado tantos avanços na área em Miracema.


 

Motocicletas


 

Leal Junior disse que a próxima etapa será a entrega de motocicletas para agentes da zona rural.


 

"Estamos enfrentando um problema, pois, a fabricante em função da pandemia paralisou sua produção o que impossibilita a entrega no momento como é o nosso desejo. Entendemos a conjuntura do mercado e esperamos a compreensão de todos, mas, não continuamos atentos na expectativa de lograrmos êxito brevemente".

 

Estão sendo contemplados 17 Agentes Comunitários de Endemias e 39 Agentes Comunitários de Saúde.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.