Adolescente é suspeita de se passar por cliente para furtar produtos de lojas com ajuda de suposto pai

Segundo a Polícia Civil, o terceiro suspeito era responsável por carregar os produtos furtados em uma caixa. Trio foi identificado e levado para uma delegacia de Palmas, mas acabou liberado por não haver mais situação de flagrante.

Publicado em: 13 de Janeiro de 2021
Foto Por: Divulgação/Polícia Civil
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Sapatos e roupas estavam entre o material apreendido

Um homem de 40 anos e dois comparsas, uma adolescente de 15 anos e um jovem de 18, são suspeitos de furtar lojas da região sul de Palmas. De acordo com a Polícia Civil, vários produtos foram encontrados e o trio, identificado com ajuda de câmeras de segurança dos estabelecimentos, chegou a ser levado à delegacia, mas todos foram liberados.

 

A investigação foi iniciada logo depois que a agentes foram informados sobre os crimes na Avenida Tocantins, em Taquaralto, e Avenida I, no Jardim Aureny III. A polícia afirmou que o grupo sempre agia da mesma forma: ela se passava por cliente e distraia os vendedores enquanto os comparsas carregavam os objetos.

 

Conforme a polícia, o homem de 40 anos fingia ser o pai da garota e entregava os produtos para o jovem 18 anos, que carregava uma caixa grande para poder transportar os itens. Depois da ação eles saiam da loja e iam embora com os materiais subtraídos.

 

Após ser identificado e localizado nesta segunda-feira (11), o trio foi conduzido à sede da 5ª delegacia da Polícia Civil, onde prestaram esclarecimentos. Como não estavam em situação de flagrante, os três foram ouvidos e liberados para responder aos processos em liberdade.

 

Sapatos e roupas estavam entre o material apreendido. A polícia afirmou que os objetos encontrados serão devolvidos aos proprietários assim que forem periciados. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, "as investigações terão continuidade para que a Polícia Civil possa desvendar todos os detalhes dos crimes".

 

“Ao final das investigações, que ainda se encontram em andamento, vamos determinar a extensão dos crimes cometidos, sendo que, além dos furtos, os dois indivíduos maiores de idade podem ainda ser responsabilizados por outros tipos de ilícitos”, afirmou o delegado Guilherme Rocha.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.