Animal silvestre causa curto-circuito e deixa universidade sem energia elétrica

Gambá foi eletrocutado depois de entrar na cabine de energia do campus. Previsão é que a energia volte ao normal por volta de 17h.

Publicado em: 23 de Fevereiro de 2018
Foto Por: Divulgação/UFT
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Animal provocou curto-circuito e deixou universidade sem energia

A Universidade Federal do Tocantins (UFT), campus de Palmas, está sem energia elétrica desde às 6h30 desta quinta-feira (22). Segundo a instituição, a interrupção ocorreu depois que um gambá, conhecido com mucura, entrou na cabine de energia, o que provocou um curto-circuito. O animal silvestre foi eletrocutado.

A direção do campus informou que a empresa que fornece energia foi ao local e constatou o problema. A equipe tentou fazer a religação, mas houve outra interrupção que indicou uma falha na rede interna. A entrada do animal danificou o disjuntor.

Além da área administrativa, vários alunos tiveram as aulas prejudicadas. O Restaurante Universitário na universidade também não funcionou.

Segundo a UFT, a manutenção no equipamento deve começar as 14h. A previsão é que a energia no campus volte ao normal até as 17h.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.