Concurso da PM tem alteração na exigência de escolaridade para cargo de Oficial

Ao todo são mil vagas para soldados e 40 vagas para oficiais, com salários que chegam a R$ 9 mil. As provas estão programadas para o dia 11 de março

Publicado em: 02 de Fevereiro de 2018
Foto Por: Divulgação
Autor: T1
Fonte: T1
Inscrições seguem até o próximo dia 9

Os editais do concurso Polícia Militar do Tocantins foram retificados. A Comissão Organizadora do certame alterou a exigência de escolaridade para o cargo de Oficial (Cadete), que oferta 40 vagas no concurso.

A PM informou ao T1 Notícias que a mudança no edital foi realizada com o objetivo de adequar a nomenclatura prevista na Lei 2.578/2012 que dispõe sobre o Estatuto dos Policiais Militares e Bombeiros Militares do Estado do Tocantins.

“Conforme o inciso V do art. 11 da Lei n.º2.578/2017, exige-se do candidato: ‘conclusão do ensino médio para Praças e graduação em nível superior para oficiais, na conformidade do respectivo edital’”, explica a PM.

A corporação ainda informou que “na prática, infere-se com essa terminologia de acordo com Leis da Educação que estão contemplados: bacharelado, licenciatura e tecnólogos”.

 

O concurso

 

As inscrições foram abertas no último dia 9 de janeiro e seguem até o próximo dia 9 de fevereiro. Ao todo são mil vagas para soldados e 40 vagas para oficiais, com salários que chegam a R$ 9 mil. As provas estão programadas para o dia 11 de março em cinco cidades: Palmas, Araguaína, Gurupi, Arraias e Araguatins.

As inscrições custam R$ 80 para o cargo de soldado e R$ 120 para o cargo de oficial e serão feitas exclusivamente pelo site da banca organizadora do concurso. O subsídio inicial durante o Curso de Formação de Oficiais é de R$ 4.499,52 e para o Curso de Formação de Soldados é de R$ 2.215,10.

Para se inscrever é preciso ter idade mínima de 18 anos e máxima de até 30 anos, na data de inscrição; altura mínima de 1,63m para homens e 1,60m para mulheres; carteira de habilitação a partir da categoria B; além de outros requisitos previstos no edital.

O concurso será composto por prova intelectual, exame de capacidade física, avaliação psicológica, avaliação médica e odontológica, e investigação social.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.