Estrada que dá acesso ao Vale do Vai quem Quer passa por manutenção; Local abriga cachoeiras e está fechado para turistas

Segundo a Prefeitura de Palmas, equipes fazem o alargamento da estrada e colocam cascalho. Obras darão mais segurança a motoristas, já que a região fica em uma serra.

Publicado em: 04 de Abril de 2020
Foto Por: Divulgação/Prefeitura de Palmas
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Estrada do Vai quem Quer passa por manutenção

A estrada que dá acesso ao Vale do Vai Quem Quer, perto do distrito de Taquaruçu, em Palmas, está passando por manutenção. O local abriga cachoeiras e está fechado para turistas em função da pandemia do novo coronavírus. Segundo a Prefeitura de Palmas, equipes fazem o alargamento da estrada e colocam cascalho.

O município disse que as obras atendem a pedidos de pequenos produtores que moram na região. As melhorias são necessárias para dar mais segurança aos motoristas que transitam pelo local, já que a região fica em uma serra.

O Vale do Vai Quem Quer abriga algumas cachoeiras, como a do Amor, Sambaíba e Vai Quem Quer. Os trabalhos abrangem uma média de quatro metros de alargamento ao longo de 18 km de extensão.

A prefeitura estacou que, apesar das obras de melhoria, a restrição a turistas continua por causa do decreto, que declarou situação de emergência em saúde pública, após a pandemia do coronavírus. O acesso aos turistas está proibido.

Conforme as informações, outras regiões do município estão em obras, como o trecho que vai do assentamento Mariana passando pela região da Chapadinha do Céu até a rodovia TO-265. Serão 20 km recuperados após serem danificados pelas fortes chuvas dos últimos meses. Os trabalhos se concentram no patrolamento e cascalhamento.

Também está sendo feita a construção de um bueiro no Assentamento São João com diâmetro de 1,50 metro. A previsão é de que o trecho seja liberado na segunda semana de abril.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.