Guarda Metropolitana Ambiental apreende redes de pesca e motor de canoa no Lago de Palmas

Publicado em: 18 de Janeiro de 2018
Foto Por: Júnior Suzuki
Autor: Prefeitura de Palmas
Fonte: Prefeitura de Palmas
Operação visa impedir a pesca predatória no período da piracema

Nesse final de semana, a Guarda Metropolitana Ambiental apreendeu 11 redes de pesca, três tarrafas e um motor de canoa, durante operação da piracema no Lago de Palmas, próximo ao Setor Taquari. Os pescadores fugiram assim que avistaram a equipe de fiscalização, deixando para trás todos seus materiais de pesca.

Segundo o responsável pela divisão ambiental da GMP, Inspetor Carlos Lima, o motor apreendido foi levado para a Gerência Ambiental, onde o dono poderá retirar depois dos devidos procedimentos.

O inspetor reforça que essa é a época em que os peixes realizam a desova, que começou em novembro de 2017 e vai até o final de fevereiro de 2018. “Neste período é proibida a pesca, permitida apenas a pesca esportiva. E estamos reforçando a fiscalização”.

Multa

A multa para quem realizar a pesca no período da piracema varia entre R$ 700,00 a R$ 100 mil, além de poder receber um acréscimo de R$ 20 por cada quilo pescado. O material de pesca também é confiscado.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.