Maria Vanir é oficializada como candidata a vereadora em Palmas

A homologação aconteceu durante convenção do Partido dos Trabalhadores realizada na capital.

Publicado em: 14 de Setembro de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Ascom
Fonte: Ascom
Maria Vanir

A bióloga e educadora popular Maria Vanir teve sua candidatura a vereadora em Palmas oficializada durante convenção do Partido dos Trabalhadores, realizada neste domingo (13), na sede do Sindicato dos Eletricitários. Na ocasião também foi homologada a candidatura dos demais candidatos a vereadores da sigla e do Vilela do PT à prefeitura da capital.

 

Experiente e envolvida em causas sociais, na luta pelo direito à vida digna, Maria Vanir acredita estar preparada para o desafio.

 

"Serei uma incansável defensora e fiscalizadora das políticas públicas que atendam os anseios da população com muita eficiência, participação, democracia e eficácia", afirma.

 

Em sua proposta, Maria Vanir defende uma candidatura popular, com a participação ativa da população. "Acredito que trabalhando junto com o povo, dando voz e poder de decisão sobre de temas de interesse comum, podemos mudar significativamente para melhor o nosso município", ressalta.

 

Conheça Maria Vanir

Com extenso histórico de atuação em defesa de políticas públicas, Maria Vanir já desenvolveu, como assessora popular, vários projetos, entre eles, o de formação e articulação com mulheres rurais nos territórios da cidadania do Bico do Papagaio e Jalapão e projeto técnico social de moradia popular, atuando de maneira participativa em outras regiões do estado.

 

Ao longo da vida, Maria Vanir dedicou-se na luta pela defesa da educação cidadã, direito ao acesso à cultura, à livre expressão e em dar voz a crianças e adolescentes. Defende a luta dos povos Indígenas, as pessoas com deficiência e a valorização do trabalho dos artistas.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.