Moradores são flagrados quebrando medida de isolamento em praias e parques

Na capital, prefeitura desligou luzes de praia e parque para tentar evitar presença de visitantes. Vídeos mostram grande fluxo de pessoas fora de casa neste domingo (5).

Publicado em: 07 de Abril de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Moradores curtindo lago em pleno período de pandemia de coronavírus

Muitas pessoas foram flagradas ignorando as medida de isolamento social e indo a praias e praças neste fim de semana. A recomendação para que as pessoas fiquem dentro de casa foi feita pela Organização Mundial da Saúde, na tentativa de proteger as pessoas e conter da Covid-19.

Os bares e restaurantes da praia das Arnos estão fechados, seguindo medida da Prefeitura de Palmas. Apesar disso, alguns homens foram vistos pescando neste domingo (5).

Em Luzimangues, distrito de Porto Nacional, diversas pessoas decidiram passar o dia fora de casa. Carros estacionados na praia indicavam a quebra da quarentena. Famílias se reuniram no píer e outras foram vistas entrando na água.

Apesar do pedido de isolamento, um fluxo intenso de pessoas foi flagrado no Parque dos Povos Indígenas em Palmas. Moradores faziam caminhada na pista e outros se reuniram em grupos em alguns pontos do parque para conversar.

A prefeitura tomou a decisão de desligar as luzes do parque e da Praia da Graciosa para evitar visitantes. Mesmo assim, famílias continuaram nos locais.

Lâmpadas de postes do estacionamento da praia da Graciosa continuaram ligadas iluminando parte da área de circulação de visitantes e alguns permaneceram no local.

A Prefeitura de Porto Nacional informou que continua com a fiscalização para garantir o cumprimento das medidas de prevenção ao coronavírus pelos estabelecimentos comerciais.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.