Palmas investiu 13,8% a mais na saúde no 1º semestre de 2020 em comparação ao período de 2019; Araguaína cresceu 18,1%

Publicado em: 22 de Dezembro de 2020
Foto Por: Divulgação/Secom Palmas
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
Leito de Unidade de Terapia Intensiva

A Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) compilou dados do anuário sobre finanças dos municípios para averiguar os gastos da saúde neste ano de pandemia de Covid-19. Palmas e Araguaína estiveram entre as cidades com dados analisados pela entidade.

 

Investimento 13,8% na Capital

Conforme o levantamento, Palmas investiu R$ 96,9 milhões na saúde nos seis primeiros meses de 2019. Já de janeiro a junho de 2020, o investimento foi de R$ 110,3 milhões na área. Um incremento de 13,8%. O novo coronavírus na Capital infectou 20.745, sendo 209 óbitos.

 

Araguaína aumentou mais o investimento

Araguaína também teve os dados levantados pela FNP, que identificou gastos de 47,4% na saúde no primeiro semestre de 2019. O investimento nos seis primeiros meses de 2020 já foi de  R$ 56 milhões. Aumento de 18,1%. O município contabiliza 20.745 casos de Covid-19, sendo que 237 vieram a óbito.

 

Maiores crescimentos

Das 16 analisadas, Parintins (AM) e Macapá (AP) foram as cidades que registraram os maiores aumentos de despesas com saúde no período analisado: 77,1% e 73,9%, respectivamente.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.