Parentes de pessoas com sintomas de Covid-19 reclamam da dificuldade em fazer o teste nas unidades de saúde de Palmas

Publicitário relata que a mãe é idosa, tem hipertensão e não conseguiu fazer o teste, embora tenha procurado a rede municipal de saúde.

Publicado em: 20 de Julho de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor: G1 Tocantins.
Fonte: G1 Tocantins.
Demora em fazer testes para Covid-19 gera preocupação em Palmas

Pessoas com sintomas da Covid-19 têm procurado as unidades de saúde da rede municipal de Palmas e estão enfrentando demora na realização de exames. Há casos nos quais os testes são agendados para semanas depois.

 

A mãe do publicitário Saulo Moura está com sintomas da Covid-19. Ela é idosa e hipertensa, mas ainda não conseguiu fazer o exame para confirmar ou não a doença. O teste foi agendado para o dia 27 deste mês. "21 dias após a contaminação e o exame disponível portanto, não seria nada eficaz".

Ele também reclamou dos protocolos adotados pelos profissionais de saúde no momento dos atendimentos.

 

"Pessoas com ou sem sintomas estavam no mesmo ambiente e o atendimento teria que ser por ordem de chegada. Essas condutas contrariam a carteira de serviços de atenção primária ao enfrentamento à pandemia da Covid e o plano de contingência. Ambos os documentos foram elaborados pela própria Secretaria Municipal de Saúde".

 

Uma mulher, que prefere não se identificar, conta que a sogra foi diagnosticada com a Covid-19. Mas a busca pelo teste na capital demorou dias, segundo ela. "Ela falou para a saúde rever os protocolos de atendimento de suspeita de Covid. Porque minha sogra estava positivo e chegou com o pulmão bastante comprometido no HGP".

 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a pessoa que estiver com algum sintoma leve da Covid-19 deve procurar um dos 34 Centros de Saúde da Comunidade. Em caso de febre, tosse ou dificuldade para respirar, a recomendação é ir em uma das duas Unidades de Pronto Atendimento. De lá, se necessário, o paciente é encaminhado para o Hospital Geral de Palmas.

 

Em qualquer um dos casos, de acordo com o município, a pessoa é notificada para cumprir 14 dias de isolamento e nesse tempo, é acompanhada por telefone até que o teste seja feito. Mas, para quem precisou de atendimento, a realidade foi diferente.

 

"O posto de saúde não está preparado para receber esses pacientes e ainda tem muita dificuldade de agendar o teste. Isso significa que tem muitas pessoas contaminadas, sem saber que estão infectadas, circulando pela cidade e contaminando outras pessoas", disse a mulher que não quis se identificar.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.