Por combate ao coronavírus, clientes enviam lista e funcionários fazem as compras em supermercado de Palmas

Em padarias, comerciantes fazem cursos para lidar com aplicativos de vendas. Estabelecimentos que seguem abertos dizem que demanda caiu pela metade.

Publicado em: 26 de Março de 2020
Foto Por: Reprodução/TV Anhanguera
Autor:  G1 Tocantins.
Fonte:  G1 Tocantins.
Funcionários fazem as compras pelos clientes em supermercado

A economia do Tocantins tenta se adaptar a nova realidade imposta pelo combate ao coronavírus no estado. A internet tem sido a principal aliada de comerciantes que tentam continuar vendendo mesmo sem poder abrir as portas ou com limitações na quantidade de clientes que podem entrar. Em um supermercado no centro da capital, quatro funcionários estão separados exclusivamente pra uma nova função: fazer as compras.

 

Os clientes enviam a lista pelo aplicativo e são os funcionários quem pegam os itens na prateleira, embalam e mandam para a entrega. Quando algum item não está claro, é preciso entrar em contato com quem fez o pedido pelo telefone mesmo, tudo sem contato físico.

 

Os segmentos de roupas também aderiram ao uso da internet para continuar a vender. Na loja da Letícia Coelho, até o consórcio das roupas, quando elas são mandadas para a casa da cliente para serem selecionadas, é solicitado na web. A lojista conta que no mês a queda no movimento foi de 50%.

 

Mesmo quem não tinha o costume de utilizar serviços online para trabalhar está tendo que se adaptar. A empresária Valmivonia Quintino, que tem uma padaria, procurou até um curso para entender melhor como tudo funciona. As aulas dela também estão sendo pela internet, já que não há como realizar cursos presenciais.

 

Até negócios mais tradicionais, como a venda de hortaliças, aderiram ao mundo online. Além de controlar o fluxo de pessoas que entra por vez no espaço físico onde ela vende os produtos, agora também está fazendo entregas que podem ser solicitadas por telefone ou aplicativo de mensagens.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.