Projeto que dá status de polícia à Guarda Metropolitana passa na primeira votação

18 dos 19 vereadores de Palmas votaram sim ao projeto no primeiro dos três turnos em que precisa ser aprovado. Medida é para combater a criminalidade no interior do país.

Publicado em: 17 de Janeiro de 2018
Foto Por: Divulgação/Prefeitura de Palmas
Autor: G1 TO
Fonte: G! TO
Projeto da poderes de polícia à Guarda Metropolitana de Palmas

O projeto da Prefeitura de Palmas que dá poderes de polícia à Guarda Metropolitana foi aprovado na Câmara de Vereadores no primeiro dos três turnos em que precisa ser votado. A medida é para adequar a legislação locas a uma lei federal que já reconheceu os mesmos poderes aos guardas municipais de todo o país.

Quando foi aprovada pelo Congresso Nacional, a ideia era que a inciativa ajudasse no combate a criminalidade, principalmente no interior. O argumento é que as guardas deixaram de ser para segurança patrimonial e atuam na proteção à vida diante do avanço da violência. A questão uniu oposição e situação na Câmara de Palmas, 18 dos 19 vereadores da cidade votaram a favor, apenas o professor Júnior Geo não votou sobre a matéria, ele estava ausente na sessão.

O projeto cria uma carreira única para os guardas municipais, determina o controle interno por meio da instalação de corregedorias, a capacitação dos agentes e a utilização de uniformes e equipamentos padronizados. A lei também dá direito a porte de armas para os agentes.

A próxima votação deve acontecer após um intervalo de cinco sessões do primeiro turno.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.