Vídeos mostram capivaras feridas no Parque Cesamar; Prefeitura diz que brigas entre animais podem ser causa

João Guilherme Nascimento fazia caminhada no local quando percebeu a situação. Segundo ele, pelos menos três animais estão com as marcas.

Publicado em: 15 de Fevereiro de 2020
Foto Por: João Guilherme Nascimento/Divulgação
Autor: G1 Tocantins
Fonte: G1 Tocantins
Capivara com ferimento foi localizada no Parque Cesamar

O morador de Palmas João Guilherme Nascimento costuma fazer caminhadas no Parque Cesamar, uma das áreas verdes mais procuradas da cidade, mas recentemente se deparou com uma situação que o deixou preocupado. Desde o começo da semana, ele tem percebido capivaras com ferimentos em alguns pontos do parque.

"Olha a situação que está essa capivara aqui. Não é possível que a prefeitura não tenha um veterinário para vir aqui. Já tem dias que eu estou vendo esta capivara desse jeito e eu já vi mais duas assim", diz ele no vídeo.

Ele contou que há insetos e vermes aparecendo nas feridas de alguns dos bichos. As capivaras são queridas pelos moradores da capital e consideradas uma espécie de mascote do Parque Cesamar.

Mesmo assim, a proximidade com os animais tem alguns riscos. A principal preocupação é que capivaras podem ser hospedeiras do carrapato estrela, que é um dos transmissores da febre maculosa. Por este motivo, o parque conta com projetos de manejo da população de capivaras. A quantidade deste tipo de mamífero cresceu recentemente no local e acabou preocupando biólogos.

A Prefeitura de Palmas lembrou que o parque, além de ser um espaço de lazer, também é uma área de preservação ambiental que possui animais silvestres. No local há pássaros, veados, tatus, macacos, jacarés e capivaras, que fazem parte do habitat natural.

Segundo a prefeitura, é comum que haja brigas entre os animais, que podem resultar em alguns machucados.

A gestão disse que assim que identifica qualquer ferimento ou problema, que possa ser de risco para os cidadãos e para a saúde da população de capivaras, os órgãos competentes são acionados pela Fundação de Meio Ambiente (FMA).

Disse que faz monitoramento constante dos animais e que os usuários podem ligar no 153 e informar a Guarda Metropolitana de Palmas (GMP) o local exato de onde o animal foi visto, pois o Parque Cesamar possui um guarda que vai imediatamente vistoriar.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.