Quarta - Feira,
05 de Maio de 2021

Primeira morte por Covid-19 no Tocantins completa um ano

Servidora Francisca Romana Sousa Chaves morreu no dia 14 de abril de 2020. Um ano depois, o estado chegou 2.289 óbitos e 149.269 diagnósticos de coronavírus.

Autor: G1 Tocantins

Fonte: G1 Tocantins

Publicado em 14 de Abril de 2021 (Atualizado Há 3 semanas atrás)

Legenda: Servidora da Secretaria de Saúde de Palmas foi a primeira vítima da Covid-19

Autor da Foto: Arquivo Pessoal

A primeira confirmação de morte por Covid-19 no Tocantins completou um ano nesta quarta-feira (14). A vítima foi a servidora pública Francisca Romana Sousa Chaves, de 47 anos. Ela ficou quase um mês internada em uma UTI antes de perder a batalha para o coronavírus.

A dona Romana, como era conhecida, trabalhava na Secretaria Municipal de Saúde e estava na prefeitura de Palmas desde 2005. Ela foi a segunda pessoa a ser diagnosticada com coronavírus no Tocantins, em março de 2020.

Na época, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) informou que a servidora teve contato com o primeiro caso de Covid-19 confirmado no estado, a advogada Kellen Pedreira do Vale, de 42 anos.

O Tocantins foi o último estado do país a confirmar uma morte por Covid-19. Um ano depois, chegou 2.289 óbitos e 149.269 diagnósticos de Covid-19, segundo o último boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgado nesta terça-feira (13).

O estado tem atravessado o pior momento da pandemia. Março foi o mês com mais mortes registradas: 564 vítimas de acordo com os dados da SES.

Em abril a taxa de diagnósticos e mortes continua em alta. Neste mês foram confirmados 4.405 novos casos e 151 mortes por Covid, apenas nos 12 primeiros dias.

A ocupação hospitalar também se mantém em alta, com taxa de 86% nos leitos de UTI Covid e 64% entre os clínicos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários