Quarta - Feira,
26 de Janeiro de 2022

Bolsonaro libera que ministros viajem na classe executiva

Autor: Agência Ansa

Fonte: Cleber Toledo

Publicado em 13 de Janeiro de 2022 (Atualizado Há 2 semanas atrás)

Legenda: Presidente Jair Bolsonaro

Autor da Foto: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, editou um decreto nesta quarta-feira, 12, autorizando que ministros e servidores em cargos de confiança façam voos internacionais de mais de sete horas na classe executiva.

A medida também vale para servidores indicados para representar ministros.

Com isso, o mandatário derrubou parcialmente uma medida publicada em 2018 por Michel Temer que vetava voos nessa categoria para funcionários públicos. Desde então, quem não quisesse viajar na classe econômica, deveria pagar a diferença para poder viajar na categoria superior.

“O decreto tem por objetivo mitigar o risco de restrições físicas e de impactos em saúde dos agentes públicos que precisam se afastar em serviço da União ao exterior a fim de tentar atenuar eventuais efeitos colaterais em face de déficit de ergonomia e evitar que tenham suas capacidades laborativas afetadas”, informou em nota o Ministério da Economia.

Assim, agora os voos em classe executiva nessas categorias serão pagos pela União e não haverá mais a cobrança da diferença para os servidores. 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários