Quarta - Feira,
05 de Maio de 2021

Carlesse diz que busca audiência com ministro desde o início da semana para tratar da BR-153: “Queremos o mesmo tratamento de Goiás”

Autor: Cleber Toledo

Fonte: Cleber Toledo

Publicado em 19 de Abril de 2021 (Atualizado Há 2 semanas atrás)

Legenda: Governador Mauro Carlesse

Autor da Foto: Nilson Chaves/Secom Tocantins

A Secretaria Estadual da Comunicação afirmou em material distribuído à imprensa que o governador Mauro Carlesse (PSL) solicitou “desde o início da semana” audiência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, para tratar sobre o processo de concessão da BR-153, previsto para o dia 29, e o início das operações do pátio multimodal da Ferrovia Norte-Sul em Gurupi. A manifestação veio após, em entrevista coletiva nessa sexta-feira, 16, o coordenador da bancada federal tocantinense, deputado Tiago Dimas (SD), “lamentar o silêncio” de Carlesse sobre a concessão da BR-153, cujo edital está sendo questionado pelos congressistas tocantinenses no Tribunal de Contas da União (TCU).

Mesmo tratamento

 No material da Secom, Carlesse diz que quer que o Tocantins receba “o mesmo tratamento que o Estado de Goiás quanto às benfeitorias previstas na concessão”. “Entendemos que o processo de concessão da BR-153 é um ganho para o Tocantins devido às benfeitorias que virão, no entanto, queremos o mesmo tratamento de Goiás. Não pode haver tratamentos diferentes no que diz respeito à duplicação da rodovia”, defendeu o governador.

Só depois de 20 anos

O edital prevê que Goiás receba a duplicação nos primeiros dez anos, e no Tocantins só depois de 20 anos. “Sendo que aqui já pagaremos pedágio desde o início da concessão. Isso não é justo com nosso Estado”, disse Carlesse.

Duas frentes de obras

A Secom lembrou que, desde 2019, o governador Carlesse defende que a construção da duplicação deve ter início de maneira simultânea nos dois estados e que, a primeira declaração nesse sentido, aconteceu em novembro de 2019, em Porangatu (GO), durante audiência pública da Câmara dos Deputados para tratar do tema. 

Pátio Multimodal

Quanto ao Terminal Multimodal da Ferrovia Norte-Sul, em Gurupi, o governador Mauro Carlesse considera que a não operacionalização do mesmo tem trazido prejuízos ao Estado. Ele ressaltou que o pátio multimodal está pronto e nunca começou a funcionar. “Isso tem acarretado inúmeros prejuízos para o Estado do Tocantins. Queremos uma solução junto ao Ministério da Infraestrutura. Precisamos fazer com que os produtores tocantinenses tenham possibilidade de transportar seus produtos pela ferrovia, isso é fundamental para o desenvolvimento econômico do nosso Estado”, sustentou o governador.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários