Marcelo Miranda retoma presidência do MDB do Tocantins após 11 meses afastado

Publicado em: 10 de Setembro de 2020
Foto Por: Divulgação/MDB
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
Deputado Nilton Franco repassa presidência do MDB ao ex-governador Marcelo Miranda

O ex-governador Marcelo Miranda voltou à presidência do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) nesta quarta-feira, 9, durante reunião do diretório, como havia antecipado a Coluna do CT.

 

O político estava afastado do comando da sigla desde o ano passado, quando foi preso por conta de um desdobramento da Operação Reis do Gado, da Polícia Federal. Foram 11 meses longe das funções partidárias e 146 dias detidos no Comando Geral do Polícia Militar.

 

Continuidade

Em material do partido, Marcelo Miranda agradeceu o deputado estadual Nilton Franco pela condução da executiva.

 

“Quero dar continuidade e prosseguir serenamente de cabeça erguida, viajando pelo Tocantins, visitando as bases e promovendo a união de forças para o fortalecimento do partido”, declarou o ex-governador, que recebe o MDB com 86 diretórios, 43 comissões provisórias,  57 pré-candidatos a prefeito, 28 a vice prefeitos e mais de 400 a vereador

 

Sentimento de dever cumprido

Vice-presidente, Nilton Franco falou sobre a experiência. “Assumi com grande responsabilidade o partido durante o afastamento do ex-governador Marcelo Miranda. Para mim, foi um desafio e uma missão importante em poder contribuir com o nosso grandioso MDB.  Estou entregando hoje a presidência, com o sentimento de dever cumprido, fazendo uma espécie de prestação de contas do meu trabalho.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.