MDB escolhe Simone Tebet para disputar presidência do Senado e Gomes está fora do páreo

Publicado em: 14 de Janeiro de 2021
Foto Por: Jane de Araújo/Agência Senado
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
Senador Eduardo Gomes

O MDB decidiu nesta terça-feira, 12, pelo nome da senadora Simone Tebet (MS) para disputar a presidência do Senado. Assim, o tocantinense Eduardo Gomes continuará na liderança do governo Jair Bolsonaro no Congresso Nacional.

 

De forma respeitosa

À Coluna do CT, Gomes disse que sai muito satisfeito do processo pela forma sempre respeitosa em que seu nome foi lembrado para a presidência do Senado, tanto pela mídia quanto por até partidos de oposição, como o PT.

 

Mais duas oportunidades

De toda forma, o senador terá outras duas oportunidade de concorrer. Aliás, bom lembrar que, em 2008, Gomes, então deputado federal pelo PSDB, era cotadíssimo para ser primeiro secretário da Mesa da Câmara. No entanto, para evitar um acirramento entre os líderes tucanos Aécio Neves (MG) e José Serra (SP), acabou se retirando da disputa. Dois anos depois, Gomes acabou sendo eleito para o mesmo cargo com a maior votação até hoje conseguido por um deputado: 483 votos.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.