Operação da Polícia Federal sobre fraude em licitações afasta prefeitos de Peixe e Cristalândia

Publicado em: 06 de Agosto de 2020
Foto Por: Ascom/PF
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
Agentes da Polícia Federal em cumprimento de mandados no município de Peixe

A Operação Direct da Polícia Federal (PF) deflagrada na manhã desta quarta-feira, 5, afastou os prefeitos de Peixe, José Augusto (DEM), e de Cristalândia, Cleiton Cantuário (PSB), o Batatinha. A informação foi confirmada pela Câmaras de Vereadores. Cerca de 40 agentes cumpriram ainda um mandado de prisão preventiva e 9 de busca e apreensão nos dois municípios e ainda em Aliança do Tocantins.

 

Objeto

Conforme a PF, o objetivo da operação é desarticular uma associação criminosa integrada por agentes públicos e empresários suspeitos de fraudes a licitações, desvios de recursos públicos e pagamentos a título de corrupção. As investigações apuram um possível favorecimento de um empresário em pregões dos municípios de Cristalândia e Peixe para contratação de transporte escolar, além da realização de depósitos e transferências de valores a agentes públicos no mesmo período em que ocorreram as contratações. 

 

Crimes

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude à licitação, desvio de verbas públicas, corrupção ativa, corrupção passiva e associação criminosa, cujas penas somadas podem ultrapassar 30 anos de prisão. 

 

Batismo

O nome da operação faz referência à relação “direta” e pessoal existente entre o empresário e os agentes públicos, com a existência de favorecimentos entre as partes.  A ação tem como objetivo coibir a continuidade das supostas ações criminosas e colher elementos probatórios para a conclusão do inquérito policial e instrução de futura ação penal em face dos envolvidos.

 

Vices assumem

Conforme as Câmaras municipais, apenas os prefeitos foram alvos de afastamento. Sendo assim, os vices devem assumir, sendo João Carlos (PDT) em Peixe e Edson Martins (PTC) em Cristalândia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.