Vanda Monteiro vota favorável a decreto de calamidade e pede rigor na fiscalização do decreto em Palmas

Com voto favorável da deputada estadual Vanda Monteiro (PSL), a Assembleia Legislativa do Tocantins aprovou o decreto de calamidade pública encaminhado pela prefeitura de Palmas.

Publicado em: 08 de Abril de 2020
Foto Por: Divulgação
Autor: Cleber Toledo
Fonte: Cleber Toledo
Deputada estadual Vanda Monteiro (PSL)

A parlamentar justificou o voto favorável afirmando que a Casa de Leis tem a responsabilidade de zelar pela saúde do cidadão, mas aproveitou a oportunidade de discussão para cobrar que a Câmara de Vereadores, Tribunal de Contas, Defensoria, MPE e demais órgãos fiscalizadores acompanhem a execução do decreto.

“Nossa meta é garantir a segurança e a saúde do cidadão, mas também fazer valer o estado de calamidade pública. Toda a sociedade e os órgão públicos tem o dever de acompanhar a situação”.

Emendas

Para apoiar as ações emergenciais de combate e controle do Coronavírus no Tocantins, a deputada estadual Vanda Monteiro destinou mais de R$ 1 milhão que serão utilizados na compra de insumos para a saúde e respiradores de ar. Além disto, os recursos serão aplicados na compra de cestas básicas, que beneficiaram famílias carentes de diversas regiões do Tocantins. As cestas serão distribuídas pela Secretaria de Estado do Trabalho e Ação Social- Setas.

Números em Palmas

Na capital, são oito mulheres e quatro homens diagnosticados com Covid-19. Segundo a prefeitura, duas pessoas estão internadas. Uma das pacientes está em estado grave na UTI, em ventilação mecânica. Não há confirmação de morte por Covid-19 no Tocantins. (Da assessoria de imprensa)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.