Sábado,
04 de Dezembro de 2021

Wanderlei Barbosa revoga força-tarefa contra aglomerações e recomenda que prefeitos autorizem até 70% de lotação no comércio

Novo decreto também autoriza realização de eventos com até 200 pessoas desde que o público esteja completamente imunizado.

Autor: g1 Tocantins

Fonte: g1 Tocantins

Publicado em 23 de Outubro de 2021 (Atualizado Há 1 mês atrás)

Legenda: Governador em exercício alterou as regras do combate ao coronavírus

Autor da Foto: Luciana Pires/Prefeitura de Palmas

O governador em exercício do Tocantins, Wanderlei Barbosa (Sem partido), publicou na noite desta sexta-feira (22) um decreto alterando as regras para o combate ao coronavírus no estado. Entre as principais mudanças está o fim da força-tarefa 'Tolerância Zero', que vinha combatendo festas clandestinas e aglomerações.

O texto também recomenda que prefeitos liberem o funcionamento do comércio com até 70% da capacidade. Anteriormente, o limite recomendado pela gestão estadual era de 50%.

Wanderlei assumiu o comando do Poder Executivo na quarta-feira (20) após o governador Mauro Carlesse (PSL) ser afastado por seis meses pelo Superior Tribunal de Justiça. Carlesse está sendo investigado por suposto recebimento de propina e interferência em investigações policiais.

O texto do novo decreto também aumenta de 150 para 200 o número máximo de participantes em eventos públicos. A condição é que todos estejam com o ciclo vacinal contra a Covid-19 completo para poder participar.

Também foram revogados artigos de decretos anteriores que recomendavam a realização de cultos e missas no formato virtual e o escalonamento das jornadas de trabalho dos funcionários da indústria.

As mudanças no modelo de combate à pandemia já estão em vigor. Desde o começo da contaminação, o Tocantins acumula 227.566 casos confirmados de Covid-19 e 3.855 mortos pela doença. Atualmente, segundo a Secretaria de Estado da Saúde, há 657 casos ativos no Tocantins.

O ritmo da contaminação diminui nos últimos meses conforme a vacinação avança. Desde o começo da campanha de imunização, mais de um milhão de moradores receberam pelo menos uma dose de alguma das vacinas e mais de 600 mil estão com a imunização completa.

Em termos percentuais, 63,42% da população do estado recebeu imunização parcial e 38,50% está completamente imunizada. O Tocantins é um dos estados brasileiros em que a vacinação avança mais lentamente.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Seu comentário aguardará aprovação antes de ser publicado no site

Sem Comentários